*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*MEU PERFIL *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*


Nome:Nilceu Francisco

Aniversário:11 de julho

Cidade:Campinas-SP

Gosto:Boas amizades, Viver, Conquistar, Amar

Hobby:Compor

Filmes:Aprecio todos os gêneros

Músicas:Dance, Românticas... Preferidas :Folhas de outono; As rosas não falam, Palavras lindas...

Participando do BBB do Recanto dos Blogs





LINKS AMIGOS


MEUS OUTROS BLOGS


HOME


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*MURAL *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*


RECEBIDOS

Betty, La Fea/ Se Dice de Mí


DESTAQUES RECEBIDOS







BIG BROTHERS























PROGRAMAÇÃO!


ÀS TERÇAS-FEIRAS : PAREDÃO

QUARTAS-FEIRAS: JANTAR ESPECIAL

QUINTAS-FEIRAS : PROVA DO LÍDER

SÁBADOS: PROVA DO ANJO

DOMINGOS - DE MANHÃ : PROVA

DAS ESTALECAS;

À NOITE : INDICAÇÕES PARA

FORMAR O PAREDÃO.





NOSSOS BLOGS LINKS

A Fazenda
Área Vip
Baixaki
Babado
Banda mipt/Rafinha
BBB- Lua
BBB-Terra
BBB-Uol
BOL
Buxixo
Estrelando
Famosidades
Futrico
Gifs/Magia
Globo
Leão Lobo
Na Telinha
Ofuxico
Sala Especial
Te Contei
Teleblogger
Telescópio
TV Brasil
Uniblog
UOL
Virgulando
Ego



Votação

Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog ARQUIVOS

14/03/2010 a 20/03/2010

07/03/2010 a 13/03/2010

28/02/2010 a 06/03/2010

21/02/2010 a 27/02/2010

14/02/2010 a 20/02/2010

07/02/2010 a 13/02/2010

31/01/2010 a 06/02/2010

24/01/2010 a 30/01/2010

17/01/2010 a 23/01/2010

10/01/2010 a 16/01/2010

03/01/2010 a 09/01/2010

27/12/2009 a 02/01/2010

13/12/2009 a 19/12/2009

29/11/2009 a 05/12/2009

15/11/2009 a 21/11/2009

25/10/2009 a 31/10/2009

11/10/2009 a 17/10/2009

04/10/2009 a 10/10/2009

20/09/2009 a 26/09/2009

06/09/2009 a 12/09/2009

30/08/2009 a 05/09/2009

23/08/2009 a 29/08/2009

09/08/2009 a 15/08/2009

02/08/2009 a 08/08/2009

26/07/2009 a 01/08/2009

19/07/2009 a 25/07/2009

12/07/2009 a 18/07/2009

28/06/2009 a 04/07/2009

21/06/2009 a 27/06/2009

14/06/2009 a 20/06/2009

31/05/2009 a 06/06/2009

24/05/2009 a 30/05/2009

17/05/2009 a 23/05/2009

10/05/2009 a 16/05/2009

03/05/2009 a 09/05/2009

26/04/2009 a 02/05/2009

19/04/2009 a 25/04/2009

12/04/2009 a 18/04/2009

05/04/2009 a 11/04/2009

29/03/2009 a 04/04/2009

22/03/2009 a 28/03/2009

15/03/2009 a 21/03/2009

08/03/2009 a 14/03/2009

01/03/2009 a 07/03/2009

22/02/2009 a 28/02/2009

15/02/2009 a 21/02/2009

08/02/2009 a 14/02/2009

01/02/2009 a 07/02/2009

25/01/2009 a 31/01/2009

18/01/2009 a 24/01/2009

11/01/2009 a 17/01/2009

04/01/2009 a 10/01/2009

28/12/2008 a 03/01/2009

21/12/2008 a 27/12/2008

07/12/2008 a 13/12/2008

23/11/2008 a 29/11/2008

16/11/2008 a 22/11/2008

02/11/2008 a 08/11/2008

26/10/2008 a 01/11/2008

19/10/2008 a 25/10/2008

12/10/2008 a 18/10/2008

28/09/2008 a 04/10/2008

21/09/2008 a 27/09/2008

14/09/2008 a 20/09/2008

07/09/2008 a 13/09/2008

31/08/2008 a 06/09/2008

24/08/2008 a 30/08/2008

10/08/2008 a 16/08/2008

03/08/2008 a 09/08/2008

27/07/2008 a 02/08/2008

20/07/2008 a 26/07/2008

13/07/2008 a 19/07/2008

06/07/2008 a 12/07/2008

29/06/2008 a 05/07/2008

22/06/2008 a 28/06/2008

15/06/2008 a 21/06/2008

08/06/2008 a 14/06/2008

01/06/2008 a 07/06/2008

25/05/2008 a 31/05/2008

18/05/2008 a 24/05/2008

11/05/2008 a 17/05/2008

04/05/2008 a 10/05/2008

27/04/2008 a 03/05/2008

20/04/2008 a 26/04/2008

13/04/2008 a 19/04/2008

06/04/2008 a 12/04/2008

30/03/2008 a 05/04/2008

23/03/2008 a 29/03/2008

16/03/2008 a 22/03/2008

09/03/2008 a 15/03/2008

02/03/2008 a 08/03/2008

24/02/2008 a 01/03/2008

17/02/2008 a 23/02/2008

10/02/2008 a 16/02/2008

03/02/2008 a 09/02/2008

27/01/2008 a 02/02/2008

20/01/2008 a 26/01/2008

13/01/2008 a 19/01/2008

06/01/2008 a 12/01/2008

30/12/2007 a 05/01/2008


Visitas

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Créditos



PARTICIPE

QUEM A THATI VAI INDICAR AO PAREDÃO?

 

 

Levando em conta que as mulheres vão se proteger,  Bianca deve imunizar ou Gyselle ou Juliana.

 

Se for  pela lógica da professorinha irritante, ela indica Rafinha ou Fernando . Motivos :

 

1. Mulher não vota em mulher;

2. Votou algumas  vezes no Rafinha;

3. Uma vez votou no Fernando e disse que o considera forte.

 

Vai entender o que ela quer!   Ela "joga" ou brinca?

 

Podemos ter o 3º paredão triplo: Marcelo ( vai se auto-emparedar)

                                             Rafinha ( indicado pela líder)

                                             Fernando  ou Marcos ( pela casa)

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










PROVA DO ANJO TEVE BIANCA VENCEDORA

 

PICOLÉ

 

 

 

No início da tarde deste sábado, a carioca venceu a prova dos picolés e ganhou o colar de anjo da semana.

 

Na prova havia sete carrinhos de sorvete. A líder Thatiana sorteava quatro BBBs para tomarem sorvetes. Em cada carrinho havia um palito com a palavra ¿Eliminado¿. Os participantes precisavam tomar os sorvetes até o fim.

A ordem de eliminação foi: Marcos, Rafinha, Juliana, Fernando, Marcelo, Gisele e Felipe. A parte final da prova ficou com Bianca e Natália. As duas precisavam escolher entre dois sorvetes grandes, um deles era o vencedor. Bianca escolheu o certo e ganhou a prova.

Monstro


Junto com o colar de anjo veio o "Monstro", tarefa ingrata atribuída a alguns dos BBBs: desta vez, dois deles precisam se vestir de mosquito por três dias, sem poder tirar a roupa. A cada toque de uma campainha, os brothers precisam ir para a área externa da casa tirar os focos de água parada.

Rafinha foi um dos escolhidos pela líder Bianca por nunca ter participado de um "monstro". Felipe pediu para ser o segundo indicado, para fazer companhia ao amigo. Agora Bianca receberá um presente da famíla e poderá imunizar uma pessoa no paredão de domingo.

Terra

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










BIG FONE : ONTEM

 

Marcelo atende e tem que escolher dois para ficarem algemadas com ele até domingo. Escolheu Juliana e Gyselle.  E mais: um destes três  tem que se  emparedar, ou seja, deve haver um acordo. Lógico que Marcelo vai se escolher, não é? Afinal, a casa está disposta a colocá-lo fora da disputa . Já que isso  vai acontecer  de uma forma ou de outra, fica menos feio ele ir com as próprias pernas. 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










PROVA DO LÍDER: PULAR PONTEIRO

COM  PATO NA CABEÇA.  THATI VENCEU!

 

 

 

A prova do líder desta semana requer coordenação, equílibrio, concentração e resistência física e mental, como avisou o apresentador Pedro Bial.

No jardim do confinamento, os concorrentes encontraram um círculo com dez morrinhos. Cada um subiu em um morrinho e colocou um chapéu em forma de pato.

Um ponteiro com um pato na ponta passa por debaixo dos pés dos "brothers". Eles precisam pular o ponteiro, sem deixá-lo parar. Bial avisou que quem não agüentar, deixar parar o ponteiro ou cair do morrinho será eliminado. Aparentemente, a engenhoca utiliza o mesmo mecanismo da prova da semana anterior, quando o ponteiro carregava uma grande garrafa plástica, e deu a liderança a Gyselle.

 

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










 

FESTA FRESH : MUITA ANIMAÇÃO

 

A animação tomou conta dos "brothers" que foram liberados para a festa que acontece no jardim do confinamento.

Marcão, apesar de estar cansado da vigília ao quarto do líder que enfrentou, dançou animado.

Depois de uma passadinha pela pista de dança, Rafinha partiu para a comilança.

Juliana, ao contrário dos colegas, está na vigília ao quarto do líder. A modelo, para livrar Natália e Marcão do castigo do monstro, se propôs a ficar no lugar da gaúcha por quatro horas durante a festa.

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










MAIS FOTOS DO IMPÉRIO  SERRANO CAMPEÃO

 

SERRINHA   FESTEJA

PARABÉNS , COMUNIDADE  IMPERIANA !

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










IMPÉRIO SERRANO VOLTA À ELITE

 

 

O bairro de Madureira, no subúrbio carioca, ficou em festa na quadra do Império Serrano. Quatro mil pessoas comemoraram o título até de madrugada. “O Império está de volta. O Império é campeão!” comemora um torcedor.

“É nossa escola de Madureira, da serrinha, que é nosso sangue que corre. Está tudo maravilhoso. Ano que vem vamos arrasar mais ainda”, vibra outra torcedora.



No palco, estava a alegria das crianças, dos compositores do samba-enredo e dos casais de mestre-sala e porta-bandeira.

“É muita responsabilidade. O Império Serrano é uma escola tradicional do carnaval carioca e eu estou muito feliz de ser campeã”, diz a porta-bandeira da verde-e-branca, Daniele Nascimento.

A notícia da vitória saiu no início da noite de quarta-feira (6). Com uma diferença de sete décimos para a segunda colocada, a Acadêmicos da Rocinha, a Império Serrano foi campeã do Grupo de Acesso A.
“Foi o carnaval de superação. Lutamos muito e chegamos a esse título para levar o Império ao Grupo Especial”, explica Humberto Soares Carneiro, presidente da escola.

O Império levou para a Avenida uma releitura do enredo de 1972, em homenagem à cantora Carmen Miranda, com um samba inédito. Mesmo debaixo de chuva, a escola deu um show na Sapucaí. Na quadra, os carnavalescos Renato Lage e Márcia Lavia foram homenageados pela escola.

Foi uma breve passagem pelo Grupo de Acesso A. Depois do rebaixamento em 2007, a Império Serrano volta à elite do carnaval carioca no ano que vem.

“A história do carnaval carioca deve-se a Portela, Império, Mangueira e Salgueiro. E graças a Deus, todas passaram muito bem e o Império voltou ao Grupo Especial. Então, em 2009 teremos um grande carnaval com as quatro grandes escolas tradicionais desfilando”, diz o compositor Arlindo Cruz.

Na festa, não poderia faltar a Tia Maria do Jongo, de 87 anos, uma das fundadoras da escola.

“O Império foi fundado na casa da minha mãe. Meus irmãos que deram a idéia da escola. A raiz do Império é a nossa raiz, saiu de dentro da nossa casa”, diz orgulhosa.

RJTV

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










CARNAVAL DO RIO DE JANEIRO: CLASSIFICAÇÃO

FINAL DO GRUPO ESPECIAL

 

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










FESTA  DA BEIJA-FLOR : BICAMPEÃ!

 

 

 

 

Placar da apuração - UOL

 

http://placar.carnaval.uol.com.br/placar_rj.htm

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










BEIJA-FLOR, OUTRA  VEZ CAMPEÃ : 

 

ESCOLA FEZ HOMENAGEM AO AMAPÁ

 

 

A Beija-Flor de Nilópolis é a campeã de 2008 do Carnaval do Rio de Janeiro. A escola conquistou o título somando 399,3 pontos na apuração dos 10 quesitos avaliados pela Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro na tarde desta quarta-feira (6). É a quinta vitória da agremiação nos últimos seis anos. A escola conquistou o título também em 2003, 2004, 2005 e 2007.

Em segundo lugar ficou a Salgueiro, seguida da Grande Rio , que conquistaram 398 e 396,9 pontos respectivamente.

 

 

SÃO CLEMENTE, REBAIXADA . SÓ PARA VARIAR!

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










Fernando e Bianca: os "sobreviventes"

do 2º paredão triplo. Pensar!!!!!!!

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










THALITA SAI COM 65%  DOS VOTOS

 

 

A MÚSICA-TEMA  DO FERNANDO

E NATÁLIA

 


Bois Don't Cry


Ser corno ou não ser,
Eis a minha indagação
Sem você vivo sofrendo
Pelos "buteco" bebendo
Arrumando confusão

Você é muito fogosa
Tão bonita e carinhosa
Do jeito que eu sempre quis

Minha coisinha gostosa
Dá aos pobres, é bondosa
Sou corno mas sou feliz

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










CARNAVAL - SP : CLASSIFICAÇÃO FINAL

 

1º   VAI-VAI                                        90,00

2.   MOCIDADE ALEGRE                        90,00

3.  VILA MARIA                                  89,75                               

4.   ROSAS DE OURO                           89,75

5.   TOM MAIOR                                   89,00

6.   X-9 PAULISTANA                           88,75

7.   MANCHA VERDE                            88,50

8.   NENÊ                                           88,50

9.   IMPÉRIO CASA VERDE                  88,25

10. PÉROLA NEGRA                            87,50

11. GAVIÕES                                     87,50

12. TUCURUVI                                   87,25

13. ÁGUIA DE OURO                          87,00

14. CAMISA                                      86,00

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










CARNAVAL NA CAPITAL PAULISTA

VAI-VAI , CAMPEÃ

 

A Vai-Vai é a campeã do Carnaval

de São Paulo. Com o enredo "Acorda Brasil", a agremiação retratou a música como educação na avenida e mostrou o trabalho do maestro Silvio Baccarelli na formação da orquestra sinfônica na favela de Heliópolis, após o incêndio ocorrido em 1996.

A escola, que não conquistava um título desde 2001 --o último foi dividido com a Nenê de Vila Matilde--, obteve 90 pontos na apuração das notas --o máximo possível.

A Vai-Vai desfilou aproximadamente 4.200 componentes. Durante todo o desfile, o público acompanhou a agremiação, com coreografias levantando bandeirinhas e acenando.

A comissão de frente chegou dourada representando Apolo, deus da música na mitologia grega, e as trombetas que anunciam a chegada da educação. Logo em seguida, a ala das baianas representaram a deusa da vitória, Niké.

O carro abre-alas contou com crianças que estavam com microfones cantando o samba enredo da escola. Em seguida, surgiu um carro com a réplica da favela de Heliópolis.

O carro Cinismo, com uma grande coruja, representou uma critica o governo pela falta de ação na educação, como o fato de 18 mil escolas públicas não terem iluminação adequada na era dos computadores.

A escola encerrou sua participação com um carro representando o Teatro Municipal de São Paulo, com a Orquestra Sinfônica de Heliópolis e a velha-guarda entre os componentes.

Entre os destaques da Vai-Vai estavam o ator Marcos Frota, a apresentadora Amanda Françoso --madrinha da escola-- e o senador Eduardo Suplicy (PT).

A escola, que não conquistava um título desde 2001 --o último foi dividido com a Nenê de Vila Matilde--, obteve 90 pontos na apuração das notas --o máximo possível.

A Vai-Vai desfilou aproximadamente 4.200 componentes. Durante todo o desfile, o público acompanhou a agremiação, com coreografias levantando bandeirinhas e acenando.

A comissão de frente chegou dourada representando Apolo, deus da música na mitologia grega, e as trombetas que anunciam a chegada da educação. Logo em seguida, a ala das baianas representaram a deusa da vitória, Niké.

O carro abre-alas contou com crianças que estavam com microfones cantando o samba enredo da escola. Em seguida, surgiu um carro com a réplica da favela de Heliópolis.

O carro Cinismo, com uma grande coruja, representou uma critica o governo pela falta de ação na educação, como o fato de 18 mil escolas públicas não terem iluminação adequada na era dos computadores.

A escola encerrou sua participação com um carro representando o Teatro Municipal de São Paulo, com a Orquestra Sinfônica de Heliópolis e a velha-guarda entre os componentes.

Entre os destaques da Vai-Vai estavam o ator Marcos Frota, a apresentadora Amanda Françoso --madrinha da escola-- e o senador Eduardo Suplicy (PT).

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










 

CAMISA E ÁGUIA, DESCEM

 

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










 2º PAREDÃO  TRIPLO

 

Bianca x  Fernando  X Thalita

 

**Tudo pode acontecer entre Thalita e Fernando, porque Bianca está livre das ameças.

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










ALEMÃO , O DIEGO, BRINCA EM SALVADOR

 

Diego Alemão  fez uma aparição relâmpago no camarote de Daniela Mercury, no circuito Barra-Ondina.

 

O ex-BB chegou acompanhado de sua irmã, Fernanda, e da integrante do Pânico, Mulher Samambaia.

 
O que chama atenção é o look do rapaz. Ele veio com uma camiseta que diz: 'Salve as mais bonitas, afogue as mais feias'.

Essa não é a primeira vez que Alemão vem à Bahia. "Mas é muito legal o carinho do povo", falou.

EGO

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










FERNANDA LIMA A  GRAZI : GRANDE RIO

 

Foto-montagem Globo

 

Escola fala  sobre a preservação ambiental;

Fernanda Lima mostra o barrigão de gêmeos

e Grazi Massafera é a rainha de bateria.

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










ÍRIS  BRILHA NA GRANDE  RIO

 

 

Depois de sua participação ter sido negada no desfile do Salgueiro, a ex-BBB e apresentadora da Rede TV! Íris Stefanelli entra na avenida pela Grande Rio, na madrugada desta terça-feira.

 

"Fiquei muito triste porque não me avisaram. Mas agora estou na Grande Rio", disse Íris sobre o desentendimento com os dirigentes do Salgueiro.

Segundo a escola, Íris não comparecia aos ensaios alegando estar ocupada e sequer teria viajado ao Rio para tirar as medidas de sua fantasia, preferindo enviá-las por e-mail.

Na Grande Rio, a ex-BBB desfila na ala dos convidados da diretoria, usando um terninho branco sobre uma camiseta verde e vermelha.

Terra

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










FAMOSOS  TROCAM SAMBA POR  HIP HOP

 

A pista comandada pelo DJ Marcelinho da Lua pareceu mais atrativa para os VIPs do camarote da Schin do que o desfile da Beija-Flor, o último deste segundo dia de carnaval na Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro.

"Quem está gostando pode fazer barulho", animou o DJ, antes de começar um rap rimando os nomes dos artistas e escolas de samba. O sucesso foi maior ainda quando o DJ ganhou a companhia de Gabriel Pensador e suas rimas.

O ator André Ramiro, que também canta rap entrou na "disputa". E rimou exaltando o Carnaval e o Rio de Janeiro. Ele terminou com uma lembrança aos presentes. "Vamos usar camisinha".

Os freqüentadores do espaço dançaram sem parar ao som de muito hip hop. E as paqueras começaram a rolar. O ator Selton Melo não desgrudava de uma bela morena, com quem conversava ao pé do ouvido.

O Dia

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










OLHA A BEIJA-FLOR AÍ, GENTE!

 

 

Beija-Flor encerra desfiles no Rio com viagem a Macapá

 

Cidade, que acaba de comemorar 250 anos, é o principal foco do enredo.

Abre-alas incandescente terá 36 metros de comprimento em dois carros acoplados.

 

 

Em busca do bicampeonato, a Beija-Flor entrou no Sambódromo às 4h13 desta terça-feira (5) para encerrar o último dia de desfiles do Grupo Especial. Prometendo uma entrada triunfal, a escola levará para a avenida um abre-alas incandescente, de 36 metros de comprimento, em dois carros acoplados.

 

Depois de buscar inspiração na África para conquistar seu décimo título, a Beija-Flor viaja neste ano até o Amapá, mais precisamente à capital, Macapá. A cidade, que comemorou 250 anos nesta segunda-feira (4), é o principal foco do enredo “Macapaba: equinócio solar, viagens fantásticas do meio do mundo”, desenvolvido por uma comissão de carnaval formada pelos carnavalescos Laíla, Alexandre Louzada, Fran Sérgio e Ubiratan Silva.

“É um enredo muito diversificado. Não vamos cantar parabéns para Macapá e não tem alegoria de bolo”, afirma Alexandre Louzada, em seu segundo ano na azul-e-branca de Nilópolis.

 

 Desfile

"A abertura é uma fantasia de carnaval, em que o beija-flor de Nilópolis conhece o beija-flor de Macapá, conhecido lá como brilho-de-fogo, viajando na Linha do Equador durante o equinócio”, explica Louzada, que prepara um abre-alas de 36 metros de comprimento, em dois carros acoplados. Segundo ele, foram gastos R$ 150 mil só na compra de acetato para o abre-alas, que também teve um investimento pesado em iluminação. “Parece que o carro é incandescente como o sol”, acrescentou.

A exemplo do ano passado, o símbolo da azul-e-branca nilopolitana também estará presente na alegoria, junto com outros cem beija-flores de diferentes tamanhos. “O beija-flor central vai girar 360 graus como se estivesse circundando o planeta e também toda a Avenida.”

Os achados arqueológicos no estado serão ilustrados no terceiro carro. As baianas de Nilópolis desfilarão neste setor, representando a cerâmica indígena. A Fortaleza de São José, também citada no hino da Beija-Flor, será representada em uma alegoria em forma de estrela de cinco pontas.

Outro momento de explosão de cores no desfile da Beija-Flor será o quarto setor, que mostra a chegada dos navegantes à região do Amapá. Para falar sobre a ambição dos piratas, visando às riquezas naturais, Alexandre Louzada criou uma ala especial, que desfilará ao redor do carro. Os integrantes vão segurar nas mãos a réplica de um olho, que simboliza a cobiça européia.

Já o encerramento do desfile retorna à Linha do Equador para mostrar a cultura local. As baianas mais antigas da escola e Soninha Capeta, que por muitos anos foi rainha de bateria da escola, serão destaques no último carro. “Todas elas simbolizam a Beija-Flor”, diz Louzada.

O SAMBA

 

Macapaba: equinócio solar, viagens fantásticas do meio do mundo

 

Compositores do Samba-Enredo Cláudio Russo, Carlinhos Detran, J. Veloso, Gilson Dr., Kid e Marquinhos

 

É manhã
Brilho de fogo sob o sol do novo dia
Meu talismã, a minha fonte de energia
Oh! Deusa do meu samba, a flor de Macapá
No manto azul da fantasia
Me faz mais forte, extremo Norte
A luz solar ilumina meu interior
Vou viajar na Linha do Equador
Emana ao meio do mundo a beleza
A força da mãe natureza é Macapaba
O rio beijando o mar, encontro das águas
Marejando meu olhar

Quem foi meu Deus, que fez do barro poema?
Quem fez meu Criador se orgulhar?
Os cunanis, aristés, maracás
Foram dez, foram mais pelo Amapá

Um dia, navegando os rios de Tupã
A viagem fantasia dos filhos de Canaã
A mágica da terra a cobiça atraiu
Ibéria se enleva no Brasil
A mão de Ianejar
Na fortaleza pela proteção da vida
Em São José de Macapá
Brilha Mairi, a minha estrela preferida
Herança moura em Mazagão

O meu valor, me faz brilhar
Iluminar o meu estado de amor
Comunidade impõe respeito
Bate no peito, eu sou Beija-flor

 Globo

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










FERNANDA LIMA : GRÁVIDA DE GÊMEOS;

7 MESES DE GESTAÇÃO

 

A atriz e apresentadora Fernanda Lima, grávida de sete meses, irá entrar na avenida pela Grande Rio. Ela é um dos destaques do segundo carro da escola.

"No início fiquei com receio de desfilar grávida, mas pensei bem e decidi trazer meus pequenininhos", contou.

Perguntada se iria sambar, Fernanda disse que irá se conter nos movimentos. "Vou só balançar pra lá e pra cá", explicou.

A atriz espera gêmeos do seu namorado, o também ator Rodrigo Hilbert.

Terra

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










GRAZI É RECEBIDA COM PAPEL PICADO

 

 

Ela é mesmo um fenômeno! Antes mesmo de chegar à concentração do desfile, Grazi Massafera já empolgava o público. No trajeto entre o camarote da Grande Rio e a entrada da Sapucaí, a ex-BB foi ovacionada pelo público. Muitos gritavam seu nome e tentavam enquadrar a musa em pelo menos uma foto: uma sucessão de flashes.

Mas o momento mais emocionante foi quando o público que se aglomera no viaduto do Catumbi, na tentativa de ver um pouquinho das escolas, começou a aplaudir e gritar o nome da atriz.

Uma chuva de papel picado marcou a passagem de Grazi, que retribui o carinho com sua simpatia de sempre.

 

G1

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










GRANDE  RIO  HOMENAGEIA AMAZONAS

 

 

 

 Grazi

 

Grande Rio mostra importância do gás natural para o ambiente

 

Desenvolvimento sustentável é base de enredo da agremiação da Baixada Fluminense.

Suzana Vieira está de volta à escola e Grazi segue como rainha da bateria.

 

A escola Grande Rio, penúltima a passar pelo Sambódromo na madrugada desta terça-feira (5), abriu sua participação no carnaval do Rio às 2h44 para apresentar o enredo “Do Verde de Coari, vem meu gás, Sapucaí”, sobre a importância do gás natural na criação do mundo e no desenvolvimento sustentável do planeta. 

 

O puxador da escola, Vander Pires, sofreu um acidente de carro sem conseqüências graves a caminho do Sambódromo e chegou alguns minutos atrasado para a entrada na Avenida.

 

Os 3.600 componentes da escola estarão espalhados em 32 alas e oito carros alegóricos. A escola de Caxias, que surgiu da fusão de pequenas agremiações da Baixada Fluminense, trata da conscientização ecológica e relembra a origem do gás natural para falar da preservação do planeta. 

 

A escola terá de volta a atriz Suzana Vieira, à frente do carro abre-alas "Explosão Atômica" - no ano passado, ela foi vetada do desfile pois desafiou a ordem da escola, que era patrocinada por uma marca de cerveja, e foi ao camarote de uma outra famosa cervejaria. 


Outra atração é a ex-BBB e também atriz Grazi Massafera, que desfila pela Grande Rio como rainha da bateria pelo segundo ano consecutivo. 
 

  Enredo

Com o enredo “Do verde de Coari, vem meu gás, Sapucaí”, a Grande Rio pega o exemplo ecologicamente correto da Refinaria de Urucu, localizada no município amazonense que dá nome ao enredo, para falar sobre o gás natural.

 

A escola também quer superar os vice-campeonatos conquistados nos últimos dois carnavais. Em outras palavras, o objetivo é buscar o inédito título para a tricolor de Duque de Caxias, município da Baixada Fluminense sede da escola.

A escola viaja até os primórdios do Universo, quando os átomos entraram em ebulição para a formação do planeta. O abre-alas, conta o carnavalesco, foi a última das oito alegorias a ser feita no barracão da escola e promete causar impacto com estruturas de ferro arrojadas, próprias para acrobatas.

 

O desfile da Grande Rio viajará por vários estilos estéticos. Um deles é o detalhismo nos figurinos de época, presente em outros trabalhos de Szanieck, sobretudo em seus enredos históricos desenvolvidos no Salgueiro em desfiles da década de 1990. O terceiro setor, que retrata o uso do gás nas antigas civilizações, é um prato cheio para o carnavalesco abusar do traço barroco.

 

O SAMBA

 

Do verde de Coarí, vem meu gás, Sapucaí!

 

Compositores do Samba-Enredo Arlindo Cruz, Mingau, Emerson Dias, Maurição, Carlos Sena e Edu da Penha

 

Da explosão, um novo planeta
Água, berço da vida
Com a destruição
Das plantas e dos animais
Origem do petróleo e do gás
Surgiu na Pérsia, bem usado no Japão
“Fogo eterno”, adoração
Desprezado na Europa, Nova York iluminou
No Brasil, medo e deslumbramento
O gás é natural, é nosso dia-a-dia
É energia, desenvolvimento

Com todo gás vou te dar amor
Com muito amor vem me dar paixão
É tão brilhante essa chama que clareia
Incendeia o meu coração

Lindo!
Como se fosse a primavera
O guardião da vida “Pai-Mãe-Terra”
No ritual araueté
Repousa no lago, senhor
Exala o perfume da flor
Na aldeia, a paz do luar
Pássaros cantando, borboletas pelo ar
Então, vamos cuidar pra não se acabar
Em Urucu, o amanhã é um novo dia
Onde o Brasil vai estudar
Se formar e ensinar ecologia

Grande Rio vem cantar
Minha escola é o gás da Sapucaí
Se a lição é preservar
Meu grito é verde, Amazonas Coarí
 
Globo.com

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










VILA   ISABEL

 

Carro com 3,5 mil litros d'água abre desfile da Vila Isabel

Destaque 

 

Alegoria representa a visão romântica da chegada dos portugueses.

Miss Natália Guimarães é a rainha da bateria da escola.

 

Para contar a história do trabalhador brasileiro, a Vila Isabel iniciou seu desfile -- o terceiro da última noite do Grupo Especial do Rio – com a chegada dos portugueses ao país. Com o enredo "Trabalhadores do Brasil", essa é a terceira agremiação a desfilar na última noite do Grupo Especial do Rio.

  

Cada integrante da comissão de frente carrega uma folha de palmeira, representando o povo encontrado pelos portugueses quando eles desembarcaram por aqui. Na seqüência, vêm o Mestre-Sala e Porta-Bandeiras e a ala das baianas, que veste azul para representar as ondas do mar. As baianas interagem com três tripés no formato de cavalos com asas. 
 

O abre-alas da escola, chamado “Assim era a Pindorama”, mostra o que os portugueses encontraram quando chegaram por aqui. Nessa visão romântica -- com monstros marinhos e gigantes esculturas de índias --, a escola criou duas cascatas que jorram 3,5 mil litros de água. Durante o desfile, algumas componentes dessa alegoria com 30 metros ficarão sob a água.

 

Miss: a rainha  da bateria

A rainha de bateria é a Miss Brasil Natália Guimarães, segunda colocada no concurso de Miss Universo. Os 3,8 mil componentes serão espalhados em 35 alas e oito carros alegóricos. 

 Enredo

Além do carro que jorra água, outro momento de grandiosidade está no navio que marca a contribuição dos imigrantes para a mão-de-obra brasileira. A alegoria, quarta do desfile, tem mais de 20 metros de comprimento e três andares que chegam a quase 15 metros. Nas laterais, grandes esculturas simbolizam países como Japão, China e Itália

O desfile foi dividido em alegorias clássicas e modernas. O sexto carro, por exemplo, retrata a importância do presidente Getúlio Vargas para as conquistas trabalhistas, como a criação da carteira de trabalho. A alegoria, toda vazada e trabalhada em metal, terá luz néon e efeitos pirotécnicos para mostrar como funciona uma siderúrgica.

 

Outro momento moderno do desfile está no sétimo carro, que representa uma típica montadora de automóvel. Ao todo, foram utilizadas 15 carcaças de carros zero quilômetro que, em dois carrosséis, simularão uma linha de montagem em plena avenida. Na parte traseira, manequins pintados de vermelho vão desfilar de braços cruzados para lembrar os movimentos grevistas.

 

O SAMBA

Trabalhadores do Brasil

 

Compositores do Samba-Enredo André Diniz, Evandro Bocão, Pingüim, Professor Wladimir, Carlinhos Petisco, Dedé Aguiar, Dinny, Miro Jr, Carlinhos do Peixe e Eduardo Katata

 

É mais que um samba o que se criou
É um hino ao povo trabalhador
A louvação a nossa gente
Vista indolente pelos olhos da ambição
Nativa cor que foi presente
Pintou as dores da escravidão
A resistência mudou de cor e renasceu
Com a força e a fé do negro
E ao quilombo ascendeu
Nosso ideal de liberdade
Cansado de ter nos ombros
Descanso do senhor, ecoou...

Que o brasileiro tem o seu valor!
Meu Deus ajude o trabalhador!
E a imigração cruzou o azul do mar
Em nosso campo ver a vida melhorar

Voz de quem resistiu, a Era Vargas ouviu
Consolidar nossas conquistas
Em direitos trabalhistas
Comemora quem tanto lutou
Tempo de industrialização
Candangos, então, erguem Brasília
Sindicato consciente
Terra para nossa gente cultivar democracia
“Avante, trabalhadores de Vila Isabel”
“Quem faz a hora não espera acontecer”
Suor dessa gente, construiu esta nação
Verdadeiros filhos deste chão

Hoje é Dia do Trabalhador
Que conquistou o seu lugar
E vai nossa Vila, fazendo história
Pra luta do povo eternizar

G1

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










IMPERATRIZ  EXALTA FATOS HISTÓRICOS

 

 

A chegada da família real portuguesa ao Brasil, que completa 200 anos, terá mais uma homenagem na Sapucaí. A escola Imperatriz Leopoldinense chega à avenida com o "João e Marias", samba que destaca figuras históricas como a rainha de Portugal Dona Maria, conhecida como "A Louca", Dom João e, até mesmo, Maria Antonieta, rainha da França.

Com cerca de 3 mil componentes, a Imperatriz apresentará 34 alas e sete carros alegóricos. Como rainha de bateria, a escola terá a modelo Luiza Brunet, e como casal mestre-sala e porta-bandeira, Marcílio e Verônica. Mais famosos participam do desfile, entre eles o cantor Elymar Santos e o apresentador Leão Lobo.

A Imperatriz, que ficou em 9° lugar no último ano, já acumula oito título e chegou a ser vitoriosa por três anos consecutivos em 1999, 2000 e 2001.

 

O SAMBA

 

João e Marias

 

Compositores do Samba-Enredo Josimar, Di Andrade, Valtencir, Carlos Kind e Jorge Arthur

 

Maria, uma princesa

Também sonhava
Um dia um príncipe encontrar
E ouviu do Rei de França
Em meio ao luxo e a bonança
“Maria Antonieta tu serás”
Em Portugal, outra rainha, Dona Maria
A louca não podia governar
Delirava temendo a revolução
E entrega o reino a João
Regente assim se fez, e o imperador francês
Ordena a invasão

Ou ficam todos
Ou todos se vão
Embarcar nessa aventura
E “au revoir”, Napoleão

Cruzaram mares
Chegaram ao Brasil
São novos ares, progresso e a transformação
Vieram as Marias, toda fidalguia, Dom João
O tempo passou, irão se casar
Duas Marias da mesma raiz
Luisa com Napoleão
E Leopoldina será nossa imperatriz
Será também nome de trem
Que passa em Ramos, a nossa estação
Onde imperam Marias e Joãos

Vem brincar nesse trem, amor
Que vai parar na estação do coração
Faz brilhar no céu, Imperatriz
As onze estrelas do teu pavilhão

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










Big Brother Brasil 8

RAFAEL  GALEGO : ASSISTE  AO CARNAVAL BAIANO

 

 

Nada de trio. O ex-BB Rafael Galego  curtiu o bloco Papa da varanda de seu apartamento, no circuito Barra-Ondina, em Salvador.

 
Já no domingo, 3, o estudante curtiu com os amigos, aí sim, de cima do trio, o show do Araketu, no circuito Campo Grande.

Rafael Galego foi o segundo eliminado do
Big Brother

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










Luíza Brunet: reestréia

 

 

 

A rainha de bateria da Imperatriz Leopoldinense, Luiza Brunet, afirmou antes de entrar na avenida na noite desta segunda-feira, que estava emocionada com o retorno à Marquês de Sapucaí.

Ela ficou dois anos sem participar do Carnaval carioca. "É uma sensação indescritível. É a minha grande reestréia", comentou.

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










AS MUQUIRANAS : HOMENS VESTIDOS DE MUHERES

 

O trio As Muquiranas, que todo ano sai com homens fantasiados de mulher, passou pelo circuito Barra-Ondina na tarde desta segunda-feira, 4.

Com todo mundo de cor-de-rosa e peruca, a música-tema do trio bem que poderia ser "Cabeleira do Zezé", mas o que empolga os foliões do Muquiranas é a canção "Mulher Brasileira", mais conhecida como "Ela É Toda Boa", séria candidata ao posto de hit do carnaval baiano deste ano.

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










TIJUCA :  A  ARTE DE COLECIONAR

 

 

 

A Unidos da Tijuca bolou um desfile sobre coleções (de brinquedos, figurinhas, pingüins, ursos de pelúcia) com um objetivo para o Carnaval 2008: finalmente desencantar mais um troféu para dar seqüência à sua coleção de títulos. Quarta colocada no ano passado e segunda a desfilar no complemento do Grupo Especial do Rio de Janeiro, a escola ganhou apenas uma vez, em 1936. A rainha da bateria Adriane Galisteu se destacou representando elfo, criatura guardiã das florestas.

 

O desfile do enredo Vou Juntando O Que Eu Quiser, Minha Mania Vale Ouro. Sou Tijuca, Trago A Arte Colecionando O Meu Tesourooptou por carros alegóricos relativamente menores e fantasias menos espalhafatosas, num desfile que parecia procurar explorar o lado afetivo do costume de guardar objetos e mostrar a importância dele na preservação da memória cultural de um povo.

No abre-alas, o principal símbolo da escola, o pavão, todo dourado. O carro homenageou o carnavalesco Clóvis Bornay, criador de fantasias. Para representar as penas do pavão, a alegoria tinha 80 componentes com grandes leques.

O carro alegórico seguinte fez referência às bonecas, com 170 integrantes com fantasias, misturados a 50 esculturas que compõem uma coleção de bonecas.

O esoterismo é abordado na alegoria de floresta e seres imaginários, que habitam a imaginação e que são colecionadas no mundo todo. Adriane Galisteu esteve à frente da bateria logo em seguida à ala.

Outra alegoria, a do antiquário, vinha com a reprodução de um lustre francês com 25 componentes fantasiados de velas. O jogo de chá foi representado por xícaras, circundado por 40 componentes, que vinham sentados em cadeiras de época fantasiados de Luis XV.

Os livros foram homenageados na ala das bibliotecas, formado por livros empilhados. Escritores portugueses e brasileiros, entre eles Camões, Eça de Queiroz, Castro Alves, Machado de Assis, José de Alencar, Monteiro Lobato e Jorge Amado, foram homenageados. Nove livros gigantes abriam e fechavam, com componentes vestidos de letras. Na barra do carro, pergaminhos com versos da letra do samba-enredo.

O encerramento do desfile trouxe uma escultura de pirâmide de vidro em referência ao museu parisiense do Louvre. A alegoria também fazia referência às artes plásticas, com nove cavaletes. Os museus do patrimônio.

A Unidos da Tijuca é a terceira escola mais antiga do carnaval carioca, fundada em 1931. Foi organizada por operários das fábricas de tecidos e cigarros do bairro da Tijuca a partir da fusão de quatro blocos existentes no bairro.

Ainda desfilam hoje Imperatriz Leopoldinense, Vila Isabel, Grande Rio e Beija-Flor.

Terra

 

 

O  SAMBA

 

Vou juntando o que eu quiser, minha mania vale ouro. Sou Tijuca, trago a arte colecionando o meu tesouro

Compositores do Samba-Enredo Julio Alves, Sereno, Paulo Rios e Beto Lima

 

Cada objeto, uma história pra contar
Vivo a aventura de outra vez eternizar
Tijuca coleciona na Avenida
Emoções pra toda vida
Um tesouro singular
Meu pavão em destaque na “exposição” resgatou
Relíquias do tempo que o sentimento “guardou”
Olhar inocente
Embala “boneca” criança
Um sonho menino, “guiando” destino
Eterna lembrança

O teu manto é minha proteção
“Amuleto” ouro e azul é a minha luz!
Cristalina fonte de poder
“Pequeno ser” que me conduz

O tempo que passa valoriza a arte
E faz acender
A chama que arde
Buscar a verdade e reaprender
A “plantar” cultura em um jardim
E assim ver florir
Com a luz de cada geração nova civilização
Passos de nossos ancestrais
Traços de mestres imortais
“Salões do passado”, presente riqueza
“Chave” do futuro, com certeza

Dá um show, Tijuca
Outra “nota” dez pra colecionar
E “selar” tua vitória
A “peça” que falta pra te completar
 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










Mocidade mostra luxo e brilho em desfile sobre Portugal

 

 

 

Enredo sobre império português abre espaço para investir em grandiosidade.

Rainha da bateria Thatiana Pagung é um dos atrativos do desfile.

 

Para contar a história e glórias do império português, a Mocidade Independente de Padre Miguel apostou em carros alegóricos e fantasias com muita suntuosidade e brilho. A escola abriu às 21h10 a segunda noite do carnaval carioca.

A agremiação apostou no prateado em sua ala das baianas e em muito dourado para representar os impérios que os portugueses almejaram igualar: Pérsia, Babilônia, Grécia e Roma. O personagem principal do desfile é Dom Sebastião, monarca português do século 12 que sonhou em transformar sua nação no quinto império universal. Duas carruagens no segundo carro alegórico simbolizavam a chegada dos convidados para presenciar o nascimento do imperador.

 

Uma outra atração tem sido a rainha de bateria Thatiana Pagung, que também é presidente da escola mirim Estrelinha da Mocidade. Além de chamar a atenção pela beleza, Pagung é pesquisadora do carnaval, e foi muito assediada pela imprensa antes de iniciar a sua participação.

A escola está fazendo fé que a comissão de frente, que representa Dom João VI, Carlota Joaquina e rainha-mãe Maria, a Louca, num passeio pelas ruas do Rio, em 1808 vai agradar ao público. São cerca de 4,5 mil componentes, divididos em 34 alas e sete carros alegóricos.

 

No ano passado, a escola ficou em 11º lugar, com o enredo “O futuro do pretérito: uma história feita à mão”, sobre o artesanato brasileiro, e quase foi rebaixada para o Grupo de Acesso A.


 Enredo

Apesar de o símbolo da escola ser a estrela, neste ano as coroas vão marcar o desfile da escola. Dos mais diferentes tamanhos e cores, elas ajudarão o carnavalesco Cid Carvalho a dar a pompa e a circunstância necessárias ao enredo “O Quinto Império: de Portugal a Brasil, uma utopia na história”.

O abre-alas mostra o nascimento mítico de Portugal, com gigantes sustentando a cruz de Malta e a coroa portuguesa. Dom Sebastião surge no enredo a partir do segundo setor do desfile. A alegoria em questão retrata os festejos para o nascimento do escolhido para levar adiante a utopia de Portugal.

Mal nasceu e Dom Sebastião já desaparece no terceiro setor da escola, que retrata a batalha de Alcácer-Quibir, no Marrocos. O rei teria perdido a guerra entre mouros e cristãos, representada no carro por dois imensos cavalos, que ganharão movimento na segunda-feira de carnaval (4 de fevereiro), quando a Mocidade abrir a noite de desfiles.

A chegada de Dom João VI e família ao Brasil acontece mais adiante. A sexta alegoria reproduz o Paço Imperial, localizado no Centro do Rio de Janeiro, com uma réplica do Chafariz de Mestre Valentim. Os adereços de flores coloridas servem para lembrar a festa com que a corte portuguesa foi recebida pela cidade.

O sonho do Quinto Império, no desfile da Mocidade, não fica só no Rio de Janeiro. No sertão nordestino, Antônio Conselheiro também pregava a volta de Dom Sebastião em Canudos. Na Sapucaí, ele descerá de uma escadaria, construída no oitavo carro da escola, para anunciar o legado do Rei Desejado. Ao lado, mais oito coroas representam as manifestações culturais brasileiras que ainda evocam Dom Sebastião, como o tambor de Minas e a pajelança cabocla.

 

O SAMBA

 

O Quinto Império: de Portugal ao Brasil, uma utopia na história

Compositores do Samba-Enredo Marquinho Marino, Gustavo Henrique e Igor Leal

 

Portugal
Bendito seja... Abençoado pelo Criador
Uma utopia, um destino, um sonho
Místico de grandes realezas
Sonhar... Com glórias um rei desejar
E o sol volta a brilhar
Com a esperança no olhar
Mas desapareceu como um grão de areia no deserto
E encantado renasceu
Em cada ser, em cada coração
Para afastar a cobiça, na busca do ideal
O Quinto Império Universal

Deixa o meu samba te levar
E a minha estrela te guiar
À Praia dos Lençóis, nas crenças do Maranhão
Tem um castelo que é do Rei Sebastião

No Rio de Janeiro, aportaram caravelas
Trazendo a Família Real
Progresso em cores combinadas
Debret retratava a transformação
Nas terras tropicais do meu Brasil
A herança, a dor... O mito ressurgiu
Eis o guerreiro sebastiano
O mais ufano dos lusitanos em verde e branco
Que traz no peito uma estrela a brilhar
De Norte a Sul desta nação
Faz a manifestação popular

Minha Mocidade guerreira
Traz a igualdade, justiça e paz
Hoje o Quinto Império é brasileiro, amor
Canta Mocidade, canta

G1

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










Carnaval de rua de São Paulo falará da abolição

 

Grupos de Apoio e blocos terão tema único: ‘120 anos: Abolição inacabada’.

CDs, livros e revistas sobre o assunto serão produzidos com verba federal.

 

Os 64 blocos e escolas do Grupo de Apoio do carnaval paulistano vão desfilar em 2008 um tema único: "120 anos: Abolição Inacabada." Segundo a União das Escolas de Samba Paulistas (Uesp), responsável pelos desfiles, o assunto foi escolhido pela proximidade com os foliões.

“Como aqui são escolas muito ligadas à comunidade negra, decidimos falar sobre a abolição. Era um tema que soava muito bem”, explica o diretor de carnaval da entidade, Kaxitu Ricardo Campos.

A festa temática não é novidade. Em 2000, as escolas e blocos da Uesp desfilaram os 500 anos do descobrimento do Brasil e, em 2004, os 450 anos de São Paulo. Para complementar o carnaval de 2008, serão produzidos CDs, com os sambas das escolas, livros com os enredos e uma revista sobre a festa. A produção recebeu verba de R$ 150 mil do governo federal.

Os desfiles das entidades ligadas à Uesp nos bairros será em 3 e 4 de fevereiro, no autódromo de Interlagos, na Avenida Alvinópolis, na Vila Esperança (Zona Leste), e na Avenida Escola Politécnica, no Butantã (Zona Oeste).

As escolas do Grupo 1 e o Grupo Especial de Blocos desfilam em 4 e 5 de fevereiro no Anhembi, Zona Norte. A apuração dos votos será na quinta-feira, 7.

G1

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










Carnaval de rua em São Paulo continua nesta segunda

 

64 escolas de samba e blocos cantarão o mesmo tema: “120 anos: Abolição Inacabada”.

Interlagos, Butantã e Vila Esperança recebem os desfiles.

 

Os desfiles de escolas de samba e blocos do Grupo de Apoio do carnaval paulistano, que começaram no domingo (3), continuam nesta segunda-feira (4).

 

A festa ocorre em três regiões da Capital: Interlagos, Butantã e Vila Esperança, além do Sambódromo do Anhembi (até terça-feira). Ao todo, serão 64 escolas e blocos que irão desfilar um tema único: "120 anos: Abolição Inacabada." Segundo a União das Escolas de Samba Paulistanas (Uesp), o assunto foi escolhido pela proximidade com os foliões.

Um único tema para todas as escolas não é novidade no carnaval paulista. Em 2000, a escolha recaiu sobre os 500 anos do descobrimento do Brasil e, em 2004, os 450 anos de São Paulo.

Os desfiles serão realizados no autódromo de Interlagos, na Avenida Alvinópolis, na Vila Esperança (Zona Leste), e na Avenida Escola Politécnica, no Butantã (Zona Oeste). As escolas do Grupo 1 e o Grupo Especial de Blocos desfilam em 4 e 5 de fevereiro no Anhembi, Zona Norte. A apuração dos votos será na quinta-feira (7).

O carnaval nos bairros chega a receber um público de 20 mil pessoas por noite. Para mais informações, acesse
www.uesp.com.br

 

G1

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










BIG BROTHER  BRASIL 8  : PAREDÃO CARIOCA

 

 

BIANCA  FERNANDO   X  THALITA

 

 

QUEM DEIXA  A CASA?

 

Esá difícil prever, porque o equilíbrio é grande. Após a  formação  anunciada, os brothers promoveram um conflito daqueles: Thalita foi pedir descculpas ao Rafinha devido à última brincadeira no quarto Xocante, quando esta  e Natália , além de assediá-lo, ainda aplicaram várias travesseiradas e tapas no brother, que não gostou e não desculpou a sister.

 

Depois foi a vez da mesma Thalita  e Marcelo entrerem em choque : o médico a chamou de fingida e que ela representa dramaicamente o tempo todo. A carioca não gostou e  discutiram bastante.

 

Sobrou também para o Fernando, criticado por Marcelo, pois  considerara  o  ficante da Natália,  um folgadão e playboy. O moço do Rio soube através de Thalita e foi tirar satisfações. Quase se agrediram fisicamente.

 

O Felipe , que nunca faz nada e é  classificado como um dos 'samambaias'   da  casa, tentou apaziguar as discussões, mas  pouco foi atendido. A adrenalina estava solta e o pessoal  provou que o jogo começou a ferver.Rsrsrs

 

Portanto, como indicar um possível  derrotado? Os três, têm motivos de sobra para que sejam  degolados .

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










 

VIRADOURO

 

 

Um carro alegórico polêmico, lembrando o holocausto e que traria um Adolf Hitler, foi barrado por uma liminar da justiça e chamou a atenção para o carnaval da escola de Niterói, na região metropolitana do Rio. O carnavalesco é artista plástico Paulo Barros, que é considerado um dos mais criativos profissionais em atuação na Sapucaí. O enredo "É de Arrepiar!" promete transformar o Sambódromo num laboratório de emoções, com a promessa de apresentar situações de ternura e prazer. A escola promete causar surpresa.

 

A rainha da bateria é, pelo quinto ano consecutivo, a atriz Juliana Paes. Uma das atrações do desfile deve ser o carro abre-alas, intitulado "Frio", traz 30 esquiadores profissionais, que prometem um show de coragem e habilidade na Sapucaí. A pista em que eles se exibirão tem 9 metros de altura, 40 metros de altura, coberta com 26 toneladas de gelo, resfriado a 15º negativos. Promete. A Viradouro terá quase 4 mil componentes, 32 alas e oito carros. A última escola da noite deve desfilar depois das 02h30
.

 

O SAMBA

 

É de arrepiar

 

Compositores do Samba-Enredo Paulo César Portugal, Evaldo, Tamiro e Lima Andrade

 

Amor, olha só quem vem lá
É de arrepiar, com tanto frio
Vem cá me abraçar
Sentir o meu arrepio
Mexa, remexa, sacode a cabeça, me faz delirar
Vou no fricote, dou-lhe um beijo no cangote
Eu quero ver... A semente germinar

O show da bateria alucina
Traz numa corrente a emoção
É arte, é criação que me fascina
Faz vibrar meu coração

Porém nem tudo são flores
Há dissabores, infelicidades
Vidas perdidas nesse mundo de maldade
Eu sou sincero, com esses seres eu me pélo
De vassoura ou de chinelo, chame alguém pra ajudar
Na tela, uma cena de terror
De arrepio e calafrio, você vai se assustar
Peguei o Ita no Norte, gostei, tive sorte e kizombei
Mesmo proibido, desfilei
Em versos e poesias, menestrel
Vou cumprindo o meu papel

Bate outra vez o meu coração
“Pois já vai terminando o verão”
As rosas não falam, na Viradouro exalam
O perfume de uma canção


 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










MANGUEIRA : HOMENAGEM AO FREVO

 

 

A mistura de samba com frevo é a aposta da Mangueira para conquistar a Sapucaí este ano. Sob forte chuva, a escola entrou na avenida às 02h49 com o tema "100 anos do frevo, é de perder o sapato. Recife mandou me chamar", em homenagem ao ritmo popular de Pernambuco. O desfile foi patrocinado pela prefeitura do Recife.

O carnavalesco Max Lopes criou um desfile com 28 alas e oito carros alegóricos. Entre os destaques está a modelo Gracyanne Barbosa como rainha da bateria (função que exerceu também para a Império Serrano em São Paulo) e os atores Fernanda Torres e Maurício Mattar.

A escola, uma das mais tradicionais do Rio, acumula 16 títulos e ficou em terceiro lugar no ano passado, com o samba "Minha pátria é minha língua, Mangueira meu grande amor, meu samba vai ao Lácio colhe a última flor". Seu último desfile vitorioso aconteceu em 2002.

Ano ruim


Em janeiro deste ano, a Polícia Civil acusou a escola de ligação com o crime organizado por conta de uma passagem secreta em sua sede que serviria de acesso a traficantes. O escândalo afastou ainda mais o diretor de bateria Ivo Meirelles, que havia pedido licença em dezembro, e teve repercussão internacional.

A escola também foi criticada por não fazer um desfile em homenagem ao compositor Cartola, cujo aniversário de cem anos aconteceria em 2008.

Mangueirense há 30 anos, a cantora Alcione afirmou em entrevista à UOL que a escola estaria "acima do bem e do mal":

UOL

 

 

O SAMBA

 

100 anos do frevo, é de perder o sapato. Recife mandou me chamar...

 

Compositores do Samba-Enredo Lequinho, Jr. Fionda, Francisco do Pagode, Silvão e Aníbal

 

 

Ao som de clarins
Descendo a ladeira
Sou Mangueira
Tem frevo no samba
Deu nó na madeira
Orgulho da cultura brasileira
A majestade é o povo
Sem o povo história não há
Estende o brasão, reflete o leão
Símbolo de garra e união

Capoeira invade os salões
Mascarados despertam Dragões
E pelas ruas vem Zé Pereira
Arrastando a multidão

Nascia o frevo contagiando toda a massa
E até hoje tem colombina e seus amores
Passo no bloco das flores
O profano é sagrado no maracatu
Nos cem anos de história, desperto a alvorada
Brincando no Galo da Madrugada
Invade a cabeça, o corpo, embala os pés
Delírio da massa, um fervo!
É a Mangueira no passo do frevo
Voltei de sombrinha na mão
Sonhando em gritar ‘É campeã’

Mandou me chamar, eu vou
Pra Recife festejar
Alegria no olhar eu vejo
É frevo! É frevo! É frevo!

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










PORTELA DEFENDE O MEIO AMBIENTE

 

 

A Portela começou o seu desfile à 1h26  desta segunda-feira (4) como a quarta escola a entrar na Sapucaí. Uma das mais tradicionais agremiações do Carnaval do Rio, a Portela tentará conquistar um título com o tema ambiente, destacado pelo aumento da preocupação com o aquecimento global.

 

Com o enredo "Reconstruindo a Natureza, recriando a vida: o sonho vira realidade", do carnavalesco Cahê Rodrigues, a escola atravessará a avenida com 4.500 componentes. No ano passado, a Portela abordou o esporte em seu enredo e ficou em oitavo lugar na classificação final.

 

  Enredo

A Portela está há 24 anos sem conquistar um título do Grupo Especial. Para brigar pelo título, a escola quer representar a fauna e a flora que ainda resistem às ameaças.  

 

O desfile começa com duas alegorias acopladas no carro abre-alas para mostrar a beleza que existe nas profundezas das águas. Como canta o refrão principal do samba da escola -- “Eu sou a água, sou a terra, sou o ar / Sou Portela” --, os três elementos da natureza servem de inspiração para os próximos setores do desfile de Madureira.

 

O segundo carro, referente à água, traz esculturas de baleias, arraias e outros seres marinhos que habitam os oceanos. Já no do ar, o quarto do desfile, destaques serão posicionados bem no alto da alegoria -- tudo para simular uma verdadeira revoada de pássaros em plena Avenida.


A águia, símbolo da agremiação, não poderia estar de fora da abertura da escola. Em 2008, ela virá sem movimentos, mas batendo um recorde: será, segundo o carnavalesco Cahê Rodrigues, a maior que já passou pela Sapucaí, com 23 metros de comprimento.

 

O continente africano também tem destaque no enredo da escola. “A África é considerada o coração do mundo, mas seu povo sofre com muitas mazelas, como a fome e doenças”, afirma o carnavalesco. Na alegoria, um enorme gorila recebe os lideres das nações, que darão as mãos em volta de um globo terrestre para pensar num mundo melhor.

 

O SAMBA

Reconstruindo a natureza, recriando a vida: o sonho vira realidade

 

Compositores do Samba-Enredo Ari do Cavaco, Ciraninho, Celsinho de Andrade, Diogo Nogueira e Júnior Escafura

 

Segue os passos do criador
Vai minha águia guerreira
Leva essa mensagem de amor
De Oswaldo Cruz e Madureira
Água, fonte eterna da vida
Terra, templo da evolução
O homem surgiu, brincou de criar
Descobriu tanta riqueza
É preciso progredir sem destruir
Viver em comunhão com a natureza

É o rio que corre a caminho do mar
A flor que se abre na primavera
Do ventre a esperança que vem renovar
O sonho de uma nova era

É hora de darmos as mãos
Lutarmos pro mundo mudar
O líder de cada nação
Precisa parar pra pensar
A palavra é união
Pra reconstruir o nosso lar
Brasil, teu verde é o símbolo da vida
Renova a tua energia
Meu coração é o meu país
O sol vai brilhar e anunciar
Um futuro mais feliz

Eu sou a água, sou a terra, sou o ar
Sou Portela
Um sonho real, um grito de alerta
A natureza que encanta a passarela

Globo.com 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










Os cariocas Fernando, Thalita e Bianca se enfrentam no paredão triplo do Big Brother Brasil 8 nesta semana. Neste domingo a líder Gyselle decidiu os dois indicados que disputam a permanência na casa com Bianca.

 

Fernando foi indicado pela líder Gyselle. Na votação da casa, Marcelo e Thalita ficaram empatados com quatro votos. A líder então decidiu por mandar Thalita, que pediu para ser indicada.

Fernando, Thalita, Bianca e Natália votaram em Marcelo. Thalita recebeu os votos de Juliana, Marcelo, Marcos e Rafinha. Thatiana seguiu como nas últimas semanas, tentando eliminar Rafinha e Luiz Felipe votou em Natália.

Fernando chorou muito após a votação, assim como sua namorada, Natália. Thalita, que pediu para ser indicada por Gyselle, foi a mais tranquila, e não chorou em nenhum momento.

A eliminação acontece na próxima terça-feira. Antes disso, Thalita vai à Marquês de Sapucaí acompanhar os desfiles do Carnaval carioca.

No início do programa, um vídeo mostrou as brincadeiras que Thalita e Natália fizeram com Rafinha, pulando sobre sua cama e dando chineladas, que deixaram o músico muito bravo.

Depois da votação, Thalita foi pedir desculpas a Rafinha, que não desculpou a carioca e disse que se ela quiser ficar chateada, "pode ficar". Rafinha disse que não vai conversar com ela porque está "p...". Bianca tentou consertar a situação, mas os dois seguiram sem se falar.

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










ANTÔNIO  FAGUNDES  :  PORTELA

 

 

Mesmo com dor, Antônio Fagundes desfila na Portela

Ator sofre de dor no nervo ciático mas vai gravar cena da novela "Duas caras".

Na trama, ele vive o personagem Juvenal Antena.

 

Há um mês, Antônio Fagundes  sofre de dor por causa de um problema no nervo ciático. Mas vida de ator é dura mesmo e, ainda assim, ele vai enfrentar uma hora e vinte minutos de desfile na Portela. Ele não, o Juvenal Antena, seu personagem na novela “Duas Caras”.

“É minha primeira vez na Avenida”, diz Fagundes, perguntando se pode dar a entrevista sentado. “Carnaval para mim é cama e vídeo. Costumo viajar para me isolar e descansar quando não estou trabalhando”.

 



Fagundes vai usar uma camisa de diretoria no desfile. “Quando eu incorporar o personagem, a dor passa. Se não chover está bom”, diz o ator, que não sabe o samba da escola.

As gravações de “Duas Caras” vão até maio. Depois disso, Fagundes planeja férias. Mas diz que torce para que “Carga Pesada” volte ao ar em breve.

EGO

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










Taís Araújo , madrinha de um

dos camarotes da Sapucaí

 

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










SALGUEIRO

 

 

 

As belezas do Rio de Janeiro

 

A paisagem e a história da cidade do Rio de Janeiro será tema da Salgueiro, terceira escola a entrar na avenida. O enredo "O Rio de Janeiro continua sendo..." exalta as belezas naturais da cidade e, ainda, aspectos da boemia e da cultura da capital carioca, como a Biblioteca Nacional e o Theatro Municipal.

A escola terá 28 alas e sete carros alegóricos e é liderada pelos carnavalescos Renato Lage e Márcia Lávia. No chão, a modelo e atriz, Viviane Araújo, também conhecida por ser ex-namorada do cantor Belo, estará à frente da bateria, como rainha. O desfile ainda conta com o cantor Latino entre seus 3.800 componentes.

A escola é tradicional da cidade: fez seu primeiro desfile em 1954 e já conquistou oito títulos. Em 2007 a escola ficou na 7ª posição no Carnaval.

 

O SAMBA

 

O Rio de Janeiro continua sendo...

 

Compositores do Samba-Enredo Dudu Botelho, Marcelo Motta, Josemar Manfredini, João Conga e Luiz Pião

 

Canta meu Salgueiro!
Um "Rio de Amor" vai desaguar
Meus versos vêm no "tom" da Poesia
Da beleza que irradia
E fez o lusitano se encantar
Paraíso de riquezas naturais
Coração do meu país
Seduzindo a nobreza
Terra de gente Feliz
Chega a Família Real
Dando um charme especial
O porto agita a Praça Mauá
Onde a semente do samba se fez brotar

Eu sou o rei da boemia
Carioca, sou da Lapa, patrimônio cultural
E me banhei de alegria, tiro onda, dou meu jeito
Minha vida é um carnaval


Divina obra-prima pra se admirar
Entre morros e ladeiras
A brisa embala as ondas do mar
Essa gente tão cheia de graça
O turista que leva saudade
E o Redentor abençoando
Maravilhosa cidade
O Suburbano improvisando muito bem
Vai batucando na lotada ou no trem

E deixa o sol bronzear
No calor do meu Salgueiro
Eu sou raiz desse chão
E canto a minha emoção
Salve o Rio de Janeiro

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










PORTO  DA PEDRA

 

 

A escola de São Gonçalo, na região metropolitana, atravessa a Ponte Rio-Niterói para cantar o enredo "Tem Pagode no Maru! 100 anos de Imigração Japonesa no Brasil", lembrando o centenário da imigração japonesa para o Brasil. Sushi, sashimi, judô, caratê, computadores, eletrônicos em geral - o samba conta a influência que os colonos acabaram exercendo no cotidiano do país. O carnavalesco é Mário Borrielo; e a rainha de bateria, Ângela Bismarchi, que anunciou novas plásticas para ter "olhos de gueixa".


O segundo carro alegórico mostra o navio em que chegaram os primeiros imigrantes japoneses. Rústico, feito de bambu, o navio da Porto da Pedra procura reforçar a imporetância da cultura nipônica no Brasil. O primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeiras, Robson Sensação e Ana Paula, é o único casado na vida real. As cores básicas são o vermelho e o branco, o número de componentes não foi informado e são 33 alas e mais oito carros alegóricos. Deve desfilar entre 22h05 e 22h20.

 

O  SAMBA

 

100 anos de imigração japonesa no Brasil: tem pagode no Maru

Compositores do Samba-Enredo David de Souza, Fábio Costa e Carlos Junior

 

Brasil! Abra o leque ao Japão
São cem anos de imigração
O show vai começar
De São Gonçalo o meu tigre se transforma em Torá
Imperador da cultura milenar
No templo dourado a mãe natureza
Sopra o vento da paz, encontro marcado com a sutileza
Há luz, bambus, bonsais
Gira baiana, Oh! Mãe do samba
Emana cerejeira em flor
Na grande viagem, a fé na bagagem
A esperança navegou

O Maru cruzou o mar
Lançado à sorte, o braço forte na lavoura trabalhou
A liberdade cultura viva
Terra querida é luz e cor

O sopro do gênio o fez samurai
Quem foi Manabu? Das artes o pai
Quem dobra o papel com as mãos do céu
Faz do origami pedaço de paz
Vai um sushi saborear
Vi um gato no mangá, o gato é sorte
Vem coração oriental
Vem na era digital me dar suporte
Japão, o sol nascente brilha em cada um de nós
Em Azakusa agora explode a minha voz
E a lágrima que cai é de emoção

A verdade que embala o meu coração
É a Porto da Pedra a minha paixão
Aplausos que o show vai terminar (ôô)
Me perdoe se eu chorar

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










RIO DE JANEIRO, MARQUÊS DE SAPUCAÍ :

1º DIA DE DESFILE DO GRUPO ESPECIAL

 

PRIMEIRA  ESCOLA

 

 

 

São Clemente abre os desfiles da Sapucaí celebrando a chegada da família real no Brasil

 
Começam os desfiles do Carnaval 2008 na Marquês de Sapucaí. Quem entra na avenida é a São Clemente, às 21h11, que volta ao grupo especial em grande estilo, abrindo a seqüência das escolas com o enredo "O Clemente João VI no Rio: A redescoberta do Brasil...". O samba faz uma homenagem aos 200 anos da chegada da família real ao país e foi encomendado pela prefeitura da cidade.

Os carnavalescos Milton Cunha, Fábio Santos e Mauro Quintaes (este último também esteve à frente da Gaviões da Fiel, em São Paulo, neste ano) lideram a escola, que tem como rainha da bateria Bruna Almeida.
Entre os destaques estão também a atriz e transformista Rogéria e o casal Marcelo Jorge e Danielle.

A escola foi a vencedora do grupo de série de 2007, com o tema "Barrados no Baile", mas ainda não conquistou títulos no grupo especial. Em 2008, entra na avenida com sete carros alegóricos e 31 alas.

 

O SAMBA

 

O clemente João VI no Rio: a redescoberta do Brasil...

 

Compositores do Samba-Enredo Helinho 107, Ricardo Goés, Naldo, Cláudio Filé, Armandinho do Cavaco e Marcelo Santa Clara 

No céu brilhou
O azul cintilante refletindo a nobreza
Lisboa se enfeitou
Celebrando a união das realezas
O povo festejou
Para orgulho da coroa portuguesa
O reino então se mudou
Meu Rio se transformou
Num grande centro de “real” beleza
Um verdadeiro paraíso tropical

Entrada régia com florais e esculturas
O ritual do beija-mão é sem igual
O amor impera em sublime poesia
E no palácio a alegria é geral

Com os portos abertos
Surgem amigas nações
Sob o olhar fuzileiro
Adeus colônia, pois o Rio é capital
Viagens pitorescas
Colorindo a cidade
Pinta a arte francesa
O aclamado Rei de Portugal
Vê chegar a hora da partida
O povo se rende na mais pura emoção
É eterno o carinho ao “clemente João”
Grande monarca luso-brasileiro
Receba a homenagem do meu Rio de Janeiro

Cerimônia na corte... “Fechou geral”
Maria a Louca arrasou no visual
A São Clemente com requinte e fidalguia
Prepara a festa pra Família Real

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










Desfile hoje na Sapucaí terá história do Brasil, frevo e polêmica

 

Por volta das 18h30, público já chegava ao Sambódromo do Rio, mesmo com a chuva.

Festa estava marcada para começar às 21h00; ocorreu às 21h15.

 

Os 200 anos da mudança da Família Real para o Rio, os 100 anos da imigração japonesa e o centenário do frevo são alguns dos enredos deste ano no desfile das escolas de samba do grupo especial do Rio de Janeiro, previsto para começar às 21h deste domingo (3). É possível dizer, com boa chance de acertar, que a maioria vai deparar com uma multidão disposta a se divertir nas arquibancadas, mulheres bonitas na pista e nos camarotes, e um espetáculo, de fato, deslumbrante. 
 

 

A São Clemente fará a abertura dos desfiles do carnaval 2008 na Sapucaí. Mesmo com a chuva que desde cedo atinge a cidade, os foliões começam aos poucos a chegar ao Sambódromo. Técnicos e funcionários fazem os últimos ajustes antes do início dos desfiles.

 

No Rio, o desfile desperta paixão semelhante ao futebol, com os torcedores de cada escola defendendo suas opiniões: a Mangueira será prejudicada pela onda de denúncias de que o tráfico de drogas tomou conta do morro? O carro do holocausto vai fazer falta no desfile da Viradouro? Muita gente dá palpite, e poucos são especialistas.

São dois dias de desfile - seis escolas no domingo e seis na segunda.

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










Após folia, Gianecchini almoça com amigos em Salvador

 

Reynaldo Gianecchini, 35 anos, foi fotografado com amigos num restaurante japonês do bairro da Marina, em Salvador, na tarde deste domingo. Ele atendeu ao pedido de fotografia de apenas uma fã. "Desculpa, estou almoçando", disse.

Nesta madrugada, o ator caiu na folia no camarote do Expresso 2222, no circuito Barra-Ondina. Segundo ele, não existe lugar melhor para curtir o Carnaval.

Gianecchini dançava ao som do Asa de Águia quando ouviu o vocalista Durval Lelys brincar que gostaria de ser ele. "Olha quem está aqui: meu maior rival. Gianecchinni, meu filho, veio para cá roubar minhas fãs, foi? Ai, se eu viesse ao mundo de novo queria ser igual a você", disse o músico.

O ator volta ao Rio de Janeiro nesse domingo. Ele termina as gravações da novela 'Sete Pecados', exibida pela TV Globo, e inicia os ensaios de sua nova peça, 'Doce Deleite', com direção de Marília Pêra e estréia prevista para maio.

Terra

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










RIO DE JANEIRO : GRUPO A

 

Destaques  para  Santa Cruz, Império da Tijuca, Império Serrano, União de Ilha e Estácio de Sá. Daqui sairá a campeã para voltar ao grupo Especial em 2009. Quanto ao rebaixamento, a Lins Imperial , Cubango, Renascer , Rocinha  correm riscos , pois tiveram vários problemas: A Lins teve carros  defeituosos  e perdeu pontos por atraso ao entrar na avenida; a Rocinha  teve 53 baianas  numa ala ( teria que desfilar, no mínomo, 60- perderá pontos). Cubango teve  problemas com alegorias , fantasias , evolução e harmonia. Algumas  tiveram  probleminhas  , mas não acredito que  estejam  entre as duas  rebaixadas.

 

A ORDEM  DO DESFILE:

 

1. Estácio

2. União da Ilha

3.  Cubango

4. Lins Imperial

5. Império da Tijuca

6. Caprichosos de Pilares

7. Santa Cruz

8. Renascer ( de Jacarépaguá)

9. Rocinha

10. Império Serrano

 

Foi um ótimo desfile, apesar da chuva em  determinadas horas.

 

A imprensa especializada acredita no sucesso ou do Império Serrano, ou da União da Ilha .

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










IMPÉRIO DA CASA VERDE:

 

Império de Casa Verde mostra trajetória da MPB no Anhembi

 

A Império de Casa Verde se inspirou na MPB (Música Popular Brasileira) para criar o samba-enredo que apresenta neste ano. A escola, que ficou em 10º lugar em 2007, aposta em "Sambando e Cantando e Seguindo a Canção...Vem, Vamos Embora Para a Festa da MPB!", para levar o título do Carnaval de São Paulo neste ano. A escola começou a desfilar por volta das 5h30 deste domingo e é a última a se apresentar pelo Grupo Especial.

Antes da Império se apresentaram Camisa Verde e Branco, Mancha Verde, X-9 Paulistana, Pérola Negra, Vai-Vai e Mocidade Alegre

"Falamos da história da música por meio de canções que marcaram época e que estão ligadas a diversos movimentos", afirma o carnavalesco André Machado.

 

Na comissão de frente está o tigre, símbolo da escola. O abre-alas traz representações de Carnavais do passado. O carro leva 27 esculturas, entre eles pierrôs e colombinas. Um Rei Momo de oito metros de altura e esculturas de artistas populares como Aracy de Almeida, Carmem Miranda, Pixinguinha e Braguinha também integram a alegoria.

A bossa nova vem logo atrás. Esculturas representando Tom Jobim e Vinícius de Moraes e dois violões de 27 metros de comprimento tocados por mãos gigantes são apresentadas no segundo setor. Helô Pinheiro, a garota que passou pelo antigo bar Veloso (hoje Garota de Ipanema) e foi musa inspiradora da canção de dois homens que ali estavam --como Tom e Vinícius-- não ficou de fora.

O enredo fala da vida boemia ao tropicalismo. Gilberto Gil, Caetano Veloso e Mutantes são lembrados em um carro caracterizado de tanque de guerra. "Era época da ditadura militar, e a intenção em colocar o contraponto é o antigo lema faça música e não faça guerra", afirma o carnavalesco.

As músicas de sucesso das décadas de 1970 e 1980, de grupos e artistas como Secos e Molhados e Novos Baianos estão representadas na quarta alegoria. Na parte inferior, os integrantes da década de 1970, e na superior, os dos anos 1980, anteriores à era Xuxa, como Arca de Noé, Balão Mágico e Trem da Alegria. O "maluco beleza" Raul Seixas é representado por uma enorme boca.

O último setor da escola mostra como a tecnologia influenciou não só a MPB como também o mercado da música. Um tema que será abordado é o da pirataria. "Uma escultura vai apontar para a frente da escola, mencionando que o futuro é, na verdade, um olhar para o começo de tudo", afirma o carnavalesco.

Grupo Especial

No primeiro dia dos desfiles do Grupo Especial das escolas de samba de São Paulo se apresentaram Gaviões da Fiel, Acadêmicos do Tucuruvi, Unidos de Vila Maria, Águia de Ouro, Tom Maior, Rosas de Ouro e Nenê de Vila Matilde.

 

O SAMBA

 

Sambando e cantando e seguindo a canção... Vem, vamos embora para a Festa da MPB!

Compositores do Samba-Enredo Junior Marques e Raphael do Império

 

Oh abre alas que o chefe da folia
Pelo telefone mandou avisar
Que tem carnaval... Tem alegria no ar
Taí, eu fiz de tudo pra você gostar de mim,
Bate feliz meu coração tão carinhoso
Venha comigo amor nessa aquarela...
Ao som de um samba canção
Cantando eu vou...
Minha saudosa maloca querida
Que o poeta imortalizou
Tem jangada no mar...Hoje tem arrastão
Bossa nova pra tocar teu coração...
Da Jovem Guarda à Tropicália, eu vou cantar...
É domingo no parque, amor
Deixa o menino brincar
Pra não dizer que não falei das flores
Solto a voz nas estradas
Sou maluco beleza...
Sou a mosca que pousa no prato de sopa
Dos Novos Baianos
Brega ou chique eu sou assim...
Falo de rock ao som de um tamborim
Pagode, fricote eu sou....coração sertanejo
Rap, funk, ou raiz mistura que te faz feliz
E vai rolar a festa, só falta você , então vem mergulhar nesse mar de prazer ....
Com meu tigre guerreiro na nova era da MPB


Vem comigo ver o sol nascer...
Vem vamos embora
Sambando e cantando, seguindo a canção
O meu Império é quem faz a hora

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










MOCIDADE ALEGRE:

 

OS ATRATIVOS DA CIDADE DE SÃO PAULO : CULTURAL , GASTRONOMIA,  E OUTROS TEMAS

 

A Mocidade Alegre não foi a única a abordar São Paulo no enredo. A Tom Maior apresentou no desfile de ontem o "Glória Paulista - São Paulo na Vanguarda da Economia Brasileira", sobre a história do Estado a partir do seu potencial econômico.

A Mocidade retratou os atrativos da cidade por intermédio dos eventos que ela oferece nas áreas artística, cultural e gastronômica. O enredo foi desenvolvido a partir de cinco vertentes: vanguarda, oportunidades, multiculturalismo, gastronomia e diversidade.

A comissão de frente da agremiação foi inspirada na "Paulicéia Desvairada", de Mário de Andrade. O ator Pascoal da Conceição, que já viveu o personagem na TV e no teatro, foi destaque.

São Paulo como terra das oportunidades foi retratada no segundo setor da escola, com direito a passarela para simbolizar a São Paulo Fashion Week. Menções à Bienal do Livro, ao InCor (Instituto do Coração) e ao festival de motoboys também foram feitas nesse setor.

O clima da diversificada noite paulistana foi retratado na terceira alegoria da escola. Nela, apareceram referências a uma festa eletrônica, pista de dança, teatros e os bares da Vila Madalena (zona oeste).

A escola também mostrou as várias opções da gastronomia. A alegoria teve simbologia de pizzarias, churrascarias e chefs. Para fechar o desfile, a Mocidade mostrou a diversidade das comunidades que mantêm tradições regionais --como a nordestina e a gaúcha-- passando pelas roqueiros que freqüentam a galeria 24 de Maio, no centro, rappers das periferias e público GLBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros).

 

O SAMBA

 

Bem-vindo a São Paulo. Sabe por quê? Porque São Paulo é Tudo de Bom!!!

Compositores do Samba-Enredo Biro-Biro, China, Grandini, Hélio, Leandro, Marcelo e Ratinho

 

É festa amor... Sorria!
A Mocidade é pura emoção
E vem cantando radiante de alegria
São Paulo é tudo de bom!!!


Seja bem-vindo amor
A Sampa, linda Terra da Garoa
Terra futurista que o poeta vislumbrou
Com sua ousadia e inovação
Gigante que acolhe e transforma
Seu filho em um vencedor
Cidade que não pára
Na bravura traz seu valor
Palco da arte e cultura
Cenário do meu carnaval
São Paulo multicultural


O dia vai, a noite vem, eu vou
Sair, viver a boemia
Curtir em Sampa várias atrações
Me divertir até o raiar do dia


Sampa e seu cardápio mundial
Tem sabor especial... Vem ver
E na terra da gastronomia
Têm encanto e magia... Prazer
Lindo é sentir a liberdade
E ficar bem a vontade... Viver feliz
Diversidade, amigo, é natural
Preconceitos, afinal, não existem por aqui
É tempo de harmonia, respeito ao valor
Das tribos nessa festa multicor!!!

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










VAI-VAI:

"Ópera" luxuosa para pedir mais educação no país

 

 
A Vai-Vai mostrou um dos desfiles mais grandiosos do carnaval de São Paulo até o momento, com direito a um carro alegórico que soltou fogo e outro que trouxe uma orquestra infantil inteira. De acordo com o veterano carnavalesco Chico Spinosa, o desfile poderia ser descrito como uma "ópera em cinco atos".

 

O samba-enredo "Vai-Vai Acorda Brasil: A saída é ter esperança" tomou seu título da peça homônima do empresário Antônio Ermírio de Moraes, propondo a educação como saída para o desenvolvimento do país. A história do maestro Silvio Baccarelli, criador da Orquestra Sinfônica Heliópolis, foi escolhida para ilustrar as alegorias.

A comissão de frente "O Despertar" trazia três integrantes com fantasias de trombeta para "acordar" o país e convocar o Apolo, o "deus da música", primeira de várias apropriações da mitologia que seriam vistas no desfile. As ala das baianas, que veio antes do carro abre-alas, fazia referência a Niké, a "deusa da vitória".

A rainha de bateria Ivi Mesquita chamou atenção ao misturar movimentos de artes marciais à dança. A ala de bateria, com 300 ritmistas, era dividida em "faunos" tocando os instrumentos leves e "guerreiros" nos pesados.

Os carros alegóricos da escola foram grandiosos, especialmente o abre-alas "Cortejo de Apolo, Deus da Música". O carro apresentava uma grande imagem de Apolo, um chafariz, máquinas de fogo cenográfico, 40 crianças, e um grande pilar para destaque.

Outro carro, "O Talento", trazia a quinta reprodução de favela já feita por Chico Spinosa para uma escola de samba, com grandes bonecos de meninos de rua tocando violinos. Na alegoria "A Saída É Ter Esperança", uma réplica do Teatro Municipal trazia uma orquestra mirim, que foi proibida de ter o som transmitido para o sambódromo pelo regulamento -- para desgosto do carnavalesco Spinosa.

No carro "Exemplo" desfilaram o senador Eduardo Suplicy e o rapper Mano Brown, do Racionais MC's, que evitou aparecer para a imprensa.

O desfile foi iniciado às 3h10 e encerrado às 4h15, dentro dos 65 minutos regulamentares.

 

O SAMBA

 

Vai-Vai acorda Brasil

Compositores do Samba-Enredo Zé Carlinhos; Nayo Denai; Vagner Almeida e Danilo Alves

 

Eu sou guerreiro de fé
Meu samba é no pé. Sou Vai-Vai
Se quero axé meu manto traz
No branco a paz, no preto amor.
Sou brasileiro e tenho meu valor


Desperta gigante é novo amanhecer
A levada do meu samba, vai te enlouquecer. (Meu Brasil)
Esbanja talentos musicais, herança de gênios imortais
Do céu ecoam melodias, em sinfonias, que embalam meu cantar
E "carinhosamente" a Bela Vista a desfilar, vem mostrar
Que um lindo sonho, nesta vida se torna real
Pra quem lutar, acreditar, buscar um ideal
Um lindo sonho, nesta vida se torna real
Pra quem lutar, acreditar num ideal


Alô Brasil, o nosso povo quer mais
Educação pra ser feliz!
Com união, vencer a corrupção
Passar a limpo este país!


Brilhou na arte a esperança
Iluminou as nossas vidas com o doce afã
De tocar, encantar, transformar as mentes do amanhã
Com o dom da musicalidade, "acordes com dignidade"
Vem ver, na grande ópera do carnaval
O bem vencendo o mal é a força da cidadania a trilhar
Vamos gritar aos quatro cantos desta pátria mãe gentil
Pra sempre vou te amar, "ACORDA BRASIL"

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










LITORAL NORTE ESPERA 1 MILHÃO DE TURISTAS

 

 

Mais de um milhão de turistas devem passar pelo Litoral Norte durante o feriado, de acordo com expectativa dos órgãos municipais. O tempo bom já lota as praias de Caraguatatuba (a 173 km de SP), Ubatuba (a 224 km de SP), Ilhabela (a 217 km de SP) e São Sebastião (a 214 km de SP).

Caraguatatuba espera receber 350 mil turistas durante o carnaval. A programação para os foliões começa neste sábado (2). Às 18h, no centro, tem desfile do Bloco das Piranhas. A concentração será na ponte do Rio Santo Antônio, na Avenida da Praia. Na Massaguaçu, às 22h, tem Desfile do Bloco Devotos da Cheirosa. Local: Avenida Maria Carlota, próximo ao trevo do Massaguaçu.

A programação nas outras cidades do litoral também começa neste sábado (12). Em Ilhabela, tem desfile das escolas na avenida do samba, a partir das 22h30. Em São Sebastião, a animação começa às 21h, na Rua da Praia, com o Bloco dos Sujos. E em Ubatuba, também a partir das 21h, o bloco "Recordar é viver" toma conta da Avenida Iperoig.

G1

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










ADRIANA BOMBOM:

-"SENTIR A AVENIDA É ÓTIMO"

 

 

A dançarina Adriana Bombom se juntou à bateria da escola de samba Tom Maior poucos minutos antes do início do desfile, na madrugada deste sábado, no sambódromo do Anhembi, em São Paulo (SP). A rainha da bateria disse que gosta do clima que antecede a passagem da agremiação. "Vai chegando perto e vou ficando nervosa, mas é muito bom sentir a energia da avenida", afirmou.

Este é o terceiro ano que Adriana Bombom desfila pela agremiação. Para a dançarina, a ansiedade de estrear no Carnaval 2008 não foi tão grande quanto ela imaginava. "Meu dia foi ótimo. Malhei, fui na manicure, cuidei de mim", disse.

A Tom Maior desfila com o samba-enredo Glória Paulista - São Paulo na Vanguarda da Economia Brasileira.

Terra

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










PÉROLA NEGRA:

HOMENAGEIA  JAGUARIÚNA, CIDADE PAULISTA

 

Adriana Alve: rainha da bateria

 

A escola Pérola Negra começou seu desfile às 02h05 no Sambódromo de São Paulo exaltando Jaguariúna, cidade paulista que comemora neste ano o 55º aniversário de emancipação.

Liderada pelo carnavalesco Delmo de Moraes, a escola contará com atores como Leona Cavali, Rodrigo Veronese e Adriana Alves entre seus componentes, estimados em mais de três mil pessoas.



O carnavalesco deste ano é Delmo de Moraes e, na avenida, o desfile terá como destaques a rainha da bateria Camila Barbosa e o casal André e Gisa como mestre-sala e porta-bandeira.

 

CARROS  GRANDES : PROBLEMAS



A escola Pérola Negra entrou com os maiores carros alegóricos de sua história para tentar o título inédito no quarto desfile da segunda noite do Carnaval 2008 no sambódromo do Anhembi, em São Paulo. A agremiação da Vila Madalena teve problemas para alinhá-los na entrada da avenida, por causa do excessivo peso dos veículos, e teve que acelerar o ritmo para encerrar no tempo limite de 65 minutos, prejudicando a harmonia. O desfile celebrou o 55º aniversário de emancipação da cidade de Jaguariúna.

 

O enredo A Onça Vai Beber Água - Jaguariúna, Desenvolvimento e Qualidade de Vida nos Trilhos do Tempo percorreu a história do município desde a época em que a região era habitada somente por índios, passando pela conquista dos bandeirantes e os ciclos do cultivo da cana-de-açúcar, do café e a chegada dos imigrantes e da estrada de ferro.

O carro de abre-alas apresentou uma imponente alegoria articulada de onça negra (Jaguariúna em tupi significa "rio da onça preta") e outros bonecos articulados de índios, um bandeirante e uma cachoeira real com seis mil litros d'gua e passistas fantasiadas de índias dançando dentro dos lagos.

No segundo carro foi apresentado o progresso da cidade a partir da chegada da ferrovia e a criação do vilarejo. As lavouras de cana-de-açúcar foram substituídas pelas extensas lavouras cafeeiras, com mão de obra escrava. Um disputado carro alegórico mostrava os casarões dos barões do café puxados por uma maria-fumaça, com dez maquinistas que ofereciam xícaras com cafés.

A escola explorou também a religiosidade, uma das marcas da cidade com uma alegoria da igreja de Santa Maria, em concepção gótico-bizantino. A ala boêmia trouxe inusitadas fantasias que representavam barris com aves saindo de dentro, significando "água que passarinho não bebe".

A presença dos sertanejos reforçou a homenagem ao rodeio de Jaguariúna, um dos maiores do País. Realizada há duas décadas, a festa faz parte do circuito nacional de rodeios e tornou a cidade conhecida como a capital do cavalo".

Com a participação de 3,5 componentes, o desfile teve o apoio financeiro de mais de R$ 1 milhão de empresas da região da cidade, que fica a 113 km da capital. Adriana Alves mostrou sensualidade como rainha de bateria. Ela contou que perdeu três quilos em um mês e meio para poder sambar. "Dei uma enxugadinha para estar bem na avenida".

Fundada em 1973, a agremiação de Vila Madalena, surgiu da união de sambistas do G.R. Escola de Samba Acadêmicos de Vila Madalena e Bloco Boca das Bruxas em 1973. O nome da agremiação foi escolhido por a pérola negra ser uma jóia rara, daí "a jóia rara do samba". Sua estréia no Carnaval foi em 1974. A escola tem nove participações no Grupo Especial.

 

O SAMBA

 

A onça vai beber água! Desenvolvimento e qualidade de vida nos trilhos do tempo

Compositores do Samba-Enredo Rogério Morgado, Renne das Lentes, Reinaldo Pajé , Marcelo Papo Doce e Marco Aurélio

 

Uma "Estrela" vai me guiar
Pra desvendar... Os caminhos do sertão
Seu nome na história, o índio deixou
E o bandeirante se encantou
A mão do negro...
Conduzindo o progresso do Brasil
Do ciclo da cana ao café
Nos trilhos do tempo... A imigração surgiu
Cidade encantada, divina criação
Jaguariúna é inspiração


O Sol a brilhar... Clareia
Um azul no céu... E a luz das estrelas
O aroma do campo que paira no ar
Tem doce sabor para o seu paladar

Nas festas... Tem amor e devoção
No circuito das águas
A alma em purificação
E na Maria Fumaça
A história se passa... A evolução
Tem festa de rodeio, pra tocar seu coração
Segura peão... Hoje faz parte do cenário nacional
Virou pólo industrial
Em nome da preservação
Nada resiste ao trabalho
Esse é o futuro da nação


Minha Vila Madalena
Fazendo um poema... Vai te conquistar
Sou Pérola Negra, de bem com a vida
A viajar.

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










X-9

 

Riscos do aquecimento global ganharam destaque no desfile da X-9 Paulistana

 
 
A X-9 Paulistana entrou na avenida à 0h55 do domingo, dia 3 de fevereiro. O aquecimento global, debatido no mundo todo, foi o tema da escola, puxada pelo samba-enredo "O povo da Terra está abusando. O aquecimento global vem aí... A vida boa sustentável pede passagem".

O derretimento das geleiras foi destaque logo no início do desfile, que teve a "Ala das Baianas" fantasiada de iceberg e o carro abre-alas chamado "O Degelo das Calotas Polares". A cor branca também apareceu na ala "ursos polares", animal dos árticos ameaçada pelo efeito estufa.

Mais colorido, o segundo carro teve como destaque uma tartaruga envolta por uma rede de pesca e outros animais ameaçados, que também apareceram nas alas "Répteis" e "Os Pássaros". No chão, a mensagem também se mostrou aguda quando fantasias vermelhas e negras representaram as queimadas nas florestas.

Mais um alerta ao futuro do planeta ficou evidente no último carro alegórico da escola, que apresentou a imagem de um feto dentro de um globo. O desfile encerrou às 1h55 com a passagem dos integrantes da bateria vestidos como pingüins.

 

O SAMBA

 

O povo da Terra está abusando. O aquecimento global vem aí... A vida boa sustentável pede passagem

Compositores do Samba-Enredo Didi, Turko e Paulinho Miranda

 

Vem pra ver
Nossa família reunida
Eu e você, com a X-9 na avenida
Na festa do carnaval
Fazendo um alerta geral
Para o planeta não aquecer
Nossas florestas, nosso pulmão,
Destruição pra quê?
Alterações que transformarão nosso clima
Causando tantas conseqüências
À nossa existência


Não poluir o nosso ar ... Ô,ô,ô,ô
Água da fonte pra beber
Um solo de plantar, bom de colher


É melhor parar
Não custa nada refletir
O mal que sempre vai causar
Jogando lixo por aí
É tempo sim de refletir
Para salvar o amanhã
A solução está na mente sã
Em não desperdiçar, a água pode ter um fim
Sabedoria ao explorar pra energia produzir
Depende só de nós o equilíbrio ambiental
Responsabilidade social


Oh, mãe terra, perdoai
Os seus filhos sem amor
É preciso preservar
O mundo que Deus criou

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










MANCHA VERDE:

Mancha Verde leva vida e obra de Ariano Suassuna ao Sambódromo de SP

 

Com o enredo "És imortal...Ariano Suassuna, Sua Vida, Sua Obra, Patrimônio Cultural", a Mancha Verde mescla um pouco da história de vida do escritor e cita algumas de seus personagens e livros. Segundo o carnavalesco Eduardo Caetano, a escola optou por apresentar uma evolução cronológica da vida de Suassuna, em contrapartida com suas obras.

O primeiro setor representa o nascimento do escritor, sua infância, sua formação cultural e suas primeiras obras. Uma espécie de baú com objetos antigos importantes será empurrado pelo boneco símbolo da escola, o Manchão. A alegoria é composta ainda por um cenário que remete ao chão árido e vegetação seca do sertão, constantes em várias obras de Suassuna.

Uma obra do escritor citada já no primeiro carro é o "Auto da Compadecida". Integrantes da Mancha Verde encenam o julgamento de João Grilo, personagem que morre atingido durante uma luta com cangaceiros e vai a julgamento tendo como acusador o Diabo. O setor ainda trará alas que vão abordar a cultura popular do sertão paraibano.

O segundo carro conta com personagens típicos da região onde o escritor nasceu e mostra referências da obra "A Pedra do Reino". Elementos do folclore como mamulengos --bonecos-- e desafios de viola estão representados.

Alas abordam a arte armorial, criada para valorizar a cultura popular do Nordeste do país e que demonstra interesse por diversas vertentes, entre elas a dança, pintura, música, literatura, cerâmica, escultura e teatro. A literatura de cordel também é destaque.

O carnavalesco apresenta ainda uma alegoria gigante criada com 7.000 bolinhas de piscina infantil. "Queremos mostrar a criatividade e inventividade de Suassuna", afirma Caetano. A estrutura conta ainda com duas esculturas de 33 metros cada, representando duas pedras.

O teatro moderno é apresentado por meio de citações de personagens de textos teatrais, como "O Casamento Suspeitoso", que mostra uma união baseada em interesses, e a tese de livre-docência, intitulada "A onça castanha e a ilha Brasil: uma reflexão sobre a cultura brasileira".

Outra alegoria da escola apresenta dois momentos fundamentais da vida do escritor, ambos representados por palhaços --o alegre é o contato com o circo, e o triste, a morte do pai.

O último carro conta com esculturas de quatro grandes cavalos. Feita com estilo clássico, a alegoria caracteriza a ascensão do escritor à Academia Brasileira de Letras. Suassuna foi eleito em 3 de agosto de 1989 à cadeira número 32.

Segundo Caetano, apesar de ter medo de voar de avião, o imortal confirmou presença e participação no desfile.

 

Folha  On-line

O  SAMBA

 

És imortal... Ariano Suassuna, sua vida, sua obra, patrimônio cultural

Compositores do Samba-Enredo Rafa do Cavaco, Thiago de Xangô, Juninho Berin, Imperial, Chumbinho e Tião

 

A Mancha é paixão
A razão do meu viver
Em verde e branco, rompi barreiras
Ensinando a vencer


Avante... Mancha Verde na avenida
No esplendor do "Auto da Compadecida"
Iluminando a vida em obras
De um menino que nasce pra história
Revolução "batiza" o filho do sertão
No cariri a emoção
Entra em cena a sedução
Alma de palhaço no picadeiro da ilusão


É na luz do sol que arde a paixão
Faz sorrir o coração
Zélia um mundo de eterna magia e poesia


Cavaleiro dos sertões
A mostrar em tradições
A luta do bem e do mal, herança medieval.
Ecoa a voz do Nordeste
Povo guerreiro cabra da peste
Patrimônio cultural
E fez-se então o armorial
Segue o romanceiro tão feliz
Desbravando esse país
Ao preconceito disse não
Se é de igual pra igual vou sacudir geral, Suassuna és imortal
 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










 CAMISA VERDE

E BRANCO: CABELOS

 

A história do cabelo em diferentes períodos históricos foi o tema da escola Camisa Verde e Branco, primeira a entrar na avenida do sambódromo de São Paulo no dia 2 de fevereiro, às 22h35. Com o samba-enredo "Da pré-história ao DNA: A história do cabelo eu vou contar!", o carnavalesco Rodrigo Siqueira explorou um tema geralmente ligado à vaidade humana.

Logo no início do desfile, a comissão de frente mostrou personagens cabeludas representando as mulheres das cavernas que, segundo a lenda, eram puxadas pelos homens na pré-história.

Já o primeiro carro alegórico trazia a imagem gigante de Medusa, divindade da mitologia grega, conhecida pelos seus cabelos de serpentes. A pré-história também ganhou uma ala, assim como Medusa, tema da ala das passistas.

No terceiro carro, o cabelo nos "mundo de faz-de-conta" ganhou destaque. A imagem de um castelo remetia à história de Rapunzel, conhecida por suas longas tranças. Também foi destaque a personagem Emília, a boneca de pano de cabelos coloridos do "Sítio do Picapau Amarelo".

A "revolução" cultural da qual o cabelo apareceu no quarto carro alegórico, que trazia mulheres com perucas brancas em estilo "black power". A Tropicália, movimento brasileiro da década de 1970, dos movimentos ressaltados pelo samba e enredo na frase "tropicalizando melodias". A perpectiva estética surgiu no último carro, simulando um salão de beleza real, cheio de cabelereiros.

À frente da bateria verde e branca esteva a rainha Renata Souza, que também carrega o título de 2ª princesa da corte paulistana e musa do carnaval de São Paulo do programa Caldeirão do Huck. Também foram destaque de chão a madrinha da bateria Fernanda Batista e a cantora e atriz Gretchen. O desfile terminou dentro do tempo regulamentado, às 23h28.

O SAMBA

 

Da pré-história ao DNA: A História do cabelo eu vou contar!

 

Compositores do Samba-Enredo Leonardo Trindade, Rodney Cheto e Marcinho Keleque

O meu canto no ar... Se espalha
Pioneiro é raiz... Da alma
A família Verde e Branco é emoção
Delírio dessa multidão


Viajei na memória pra contar (lalaiá)
Do presente a pré-história
Fio a fio desvendar
Quem guarda o corpo, faz a cabeça
Foi primitivo numa louca sedução
Tornou, mais belos os reis e rainhas
Temido na mitologia
Na Grécia e Roma definia classes sociais
Se fez tão nobre, ganhando força e paixão
Quem não se lembra dos cabelos de Sansão


É crença, é religião... É fé
Salve a rainha do mar... Axé
E no meu ritual a Furiosa é
Raiz profunda de quem tem samba no pé

Jogue suas tranças, vem ser criança
Num mundo de fantasias
Reviver um tempo de um movimento
Tropicalizado em melodias
"O teu cabelo não nega"
De onde veio você
Crespo, grisalho, bem liso, loiro ou colorido
Neste carnaval
Camisa Verde dá o tom do visual!

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










NENÊ:

FOLCLORE BRASILEIRO

 

Um passeio pelo universo do folclorista Câmara Cascudo é a aposta da Nenê da Vila Matilde para o Carnaval 2008. A escola, que iniciou o desfile por volta das 6h deste sábado e é a última a se apresentar na primeira noite do Grupo Especial de São Paulo, mostra o enredo "Um vôo da águia como nunca se viu! Também somos folclore do nosso Brasil - 110 anos aprendendo com Câmara Cascudo".

Antes da Nenê, desfilaram Rosas de Ouro, Tom Maior, Águia de Ouro, Unidos de Vila Maria, Acadêmicos do Tucuruvi e Gaviões da Fiel.

Segundo o carnavalesco Augusto de Oliveira, o enredo vencedor foi escolhido entre os mais de 20 que disputaram. A azul e branco da zona leste usou como inspiração para compor o seu enredo os dois volumes "Antologia do Folclore Brasileiro", de Luis da Camara Cascudo. Nos livros, o folclorista traz diversas informações sobre costumes, entre elas origens de elementos como bumba-meu-boi, folia de reis e congada, entre outros, pesquisados em escritos dos séculos 16 ao 20

"Ele [Luis Câmara Cascudo] criou alguns sistemas de divisões e classificações. Optamos pela divisão de regiões do país", afirma Oliveira.

O carnavalesco ressalta duas características do enredo --a possibilidade de poder "brincar" com o tema e o caráter educacional. "Muitos imaginam que o folclore é algo velho, mas está no cotidiano e é um instrumento muito forte de ensino, além de ser dinâmico e muito lúdico, o que tentamos representar em nosso desfile", afirma Oliveira.

No início de seu desfile a escola traz um passeio pela região Nordeste. No carro abre-alas, representações de bonecos típicos da região e referência ao principal homenageado, Câmara Cascudo, por meio de imagens.

A bateria, posta logo à frente, virá representando o maracatu. Os integrantes terão os rostos pintados de preto. Alas representarão danças típicas como caboclinho, cordel e frevo e reisado de Alagoas.

A região Norte é destaque no segundo carro. Entre as alas, representações de violeiros repentistas, dos bois garantido e caprichoso e danças como carimbó, retumbão e pajelança (dança da chuva). Em relação aos personagens, destaque para o mapinguari --lenda a respeito de uma criatura peluda parecida com um macaco, que come seus inimigos com a boca que tem na altura de sua barriga e que habita a selva amazônica.

O terceiro carro explora personagens da região Centro-Oeste. As crianças terão uma ala própria. Elas integrarão a cavalhadas em Goiás, expressão em que montam e cavalgam de forma coreografada simulando um torneio medieval. Ainda na região Centro-Oeste, a escola mostra elementos da cerâmica indígena e danças como a siriá --criada a partir da caça do siri no Pará.

O boi-tatá e pau de fitas representam a região Sul. O setor mostra ainda a festa da uva e a balainha, dança entre casais que carregam arcos enfeitados com flores, e o cordão-de-bichos, dança dramática do período junino, na qual os figurantes se fantasiam de animais.

A festa do divino, danças caipiras, maculelê e gafieira estão representadas no último carro, o que mostra o universo do folclore da região Sudeste do país. A velha guarda da Nenê da Vila Matilde e a ala dos compositores fecham o desfile.

A escola foi a sétima colocada no Carnaval 2007 --o último título da escola foi conquistado em 2001, quando dividiu o prêmio com a Vai-Vai. Antes disso, a última vez que foi campeã havia sido em 1985.

 

O  SAMBA

 

Um vôo da águia como nunca se viu! Também somos folclore do nosso Brasil

 

Compositores do Samba-Enredo Nenê, Adriano Bejar e Sulu

 

Pra encantar a avenida
A aguia vem mistificar
De boca em boca, pai pra filho
O modo de agir, sentir e pensar (ô potiguar)
Câmara cascudo mostrou para o mundo
O folclore popular
Brasil da miscigenação, nosso povo estende as mãos
Vamos mestiçar
Costumes do Nordeste... Óxente, cabra da peste
Vem pro forró dançar, poeira levantar
Maracatu, festa junina
Boi-bumbá no Norte, Parintins, o ponto nobre
Pro mal olhado tem reza forte
O pajé pode salvar


Ferraduras e carrancas... Patuás
Quem foi que deixou o espelho se quebrar ?
No Centro-Oeste não pesque sem oração (porque)
Assombração vai te pegar


No Sul brinquei
De cabra cega e amarelinha
E reparei num lindo canto que ouvia
Até o saci se encantou
Não é chula, nem fandango
E perguntou: - que som é esse?
Que cadência diferente
Protegida pelos deuses
Me responda quem vem lá
Eu sou Nenê ! Da culinária, batucada e carnaval
No Sudeste a festa é pra valer
Folclore vivo nesse amanhecer


Minha escola de samba é evolução
Bateria de bamba, toca até jongo e baião
A nossa bandeira, manto sagrado
Gueto azul e branco, mito respeitado

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










ROSAS  DE OURO:

PERFUMES

 

Rosas de Ouro faz desfile luxuoso com metáforas sobre o perfume

 
Com um desfile classificado pelo carnavalesco Augusto de Oliveira como "subjetivo", a Rosas de Ouro explorou de diversas maneiras o tema do perfume em seu desfile. Desde o literal, com um carro abre-alas separado em seis rosas que esguichavam perfume na avenida, até o totalmente metafórico, com uma encenação da Paixão de Cristo na comissão de frente

A cor rosa, principal da escola, foi predominante em quase todas as fantasias e carros alegóricos. O desfile foi bastante luxuoso, com carros elaborados e dotados de iluminação própria, que piscavam e ressaltavam os destaques.

O carro alegórico "Um Q de Magia" tinha duas portas laterais por onde entravam e saíam integrantes de uma encenação inspirada no filme "Perfume - História de um Assassinato", em que um serial killer tenta criar o perfume perfeito retirando a essência vital de mulheres.

O astronauta brasileiro Marcos Pontes foi uma das poucas celebridades a desfilar pela Rosas de Ouro, que teve novamente a modelo Ellen Roche como sua rainha de bateria.

A escola encerrou seu desfile dentro do tempo regulamentar, às 05h45, sem problemas aparentes de evolução.

 

O SAMBA

 

Rosaessência, o eterno aroma

Compositores do Samba-Enredo Bolt, João Osasco, Edvaldo, Marcelo Casa Nossa

 

Divinos são os anjos guardiões
Que ao som dos seus arautos anunciam
O bailar dos odores, essência das flores
Perfumando as sagradas escritas
Ao céus, subi em forma de oração
Seduzi as antigas civilizações
Cruzei as terras sagradas
Ao fim de uma grande jornada
No Velho Mundo cheguei
E toda nobreza fascinei

Perfume de rosas no ar
Paixão que faz sonhar
É rosaessência
Um quê de magia
Alquimia

Cidade luz dos corações apaixonados
Que me conduz
A cura para os condenados de amor
No meu Brasil
Fui capricho da coroa imperial
E hoje nesse carnaval
Sei que meu futuro é aqui
Nesse chão
Meu aroma contagia
E aos som da minha bateria
Vou conquistar você

Girando vai a baiana
Que faz delirar
Ô iaiá
Sou Rosas de Ouro
Eterno aroma
O nosso show vai começar

UOL

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










TOM MAIOR:

A ECONOMIA DE SÃO PAULO

 

A Tom Maior entrou no Anhembi às 3h39 com seu enredo "Glória paulista - São Paulo na vanguarda da economia brasileir"    . O samba canta o crescimento econômico da cidade, desde sua fundação até o estabelecimento da indústria, passando pelo café e a cana-de-açúcar.

Com 23 alas, cinco carros alegóricos e 3,200 componentes, a escola do bairro de Pinheiros tenta superar seu resultado de 2007, quando ficou em 8º lugar.

A rainha da bateria é a ex-paquita Adriana Bombom. Jairo e Simone formam o casal de mestre-sala e porta-bandeira.

O carnavalesco da escola é Marco Aurélio Ruffin.

 

O SAMBA

 

Glória Paulista: São Paulo na vanguarda da economia brasileira

 

Compositores do Samba-Enredo Maradona, Claudinei, Amós, Tinga, Ricardo Ailton

O meu carnaval, ô
Vem pra cantar as suas glórias
Desde a primeira cidade
Plantando riquezas, colhendo vitórias
Desbravando verdes matas encontrou
Terra de Piratininga fundou
E nas margens do Tietê
Um novo alvorecer, delírio do ouro
Tempo marcado por transições
No interior nasceu, nosso tesouro

O grão café selou
O destino desse chão
Nos barões o progresso
Trilhando o sucesso.... consagração!!!

São tantos sonhos
Que "traz" essa gente de vários lugares
Trabalhando fez crescer
Em cada amanhecer
Fez o estado ser realidade
Então, desponta a indústria
Trazendo desenvolvimento
Grande centro em evolução
O carro-chefe da nação
A cana vem exportando tecnologia
Seu combustível é energia
Da economia nacional

Que felicidade.... amor!
Sou Tom Maior, eu sou
Te amo, São Paulo
Oh! Terra mãe gentil
O eldorado do Brasil

 

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










ANHEMBI:

 

PLATÉIA DE 30 MIL PESSOAS

 

Segundo a Polícia Militar, o público presente no primeiro dia de desfiles no Sambódromo do Anhembi foi de 31.262 mil pessoas. As informação foram dadas pelo capitão Adriano Alves Pazelli.

Ainda de acordo com Pazelli, apenas duas pessoas foram trazidas para o Centro de Controle Operacional e Integrado do Anhembi - que reúne a Polícia Civil, Polícia Militar, Guarda Civil e CET. Eles foram interrogados sob a suspeita de estarem com bilhetes falsos.

Os homens foram liberados, mas não entraram no Anhembi. "Não houve condições de investigar a validade dos bilhetes, seria preciso uma perícia", explica o capitão.

Segundo delegado da Polícia Civil Helder Leal, foram detidos cinco supostos cambistas. Mas eles já foram liberados, pois é necessária perícia para averiguar falsidade de ingressos. Não houve flagrante, apenas uma denúncia de que eles estariam vendendo entradas. Três jovens registraram boletim de ocorrência alegando compra de ingressos falsos de cambistas.

Outro fato que chamou, segundo Pazelli, foi um grupo de cadeirantes que quis entrar no Sambódromo sem bilhetes. Eles foram barrados, pois, segundo os organizadores, não há uma legislação do evento que permite a entrada de deficientes sem ingressos.

Na avaliação da PM, o Carnaval de São Paulo, até o momento, tem sido tranqüilo.

Sobre atendimentos médicos, foram registrados 108 entradas das 19h de sexta-feira até às 7h deste sábado. Duas pessoas foram removidas para hospitais, mas o capitão não soube explicar o motivo.

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










ÍRIS, A SIRI : ALVOROÇO NA AVENIDA

 

A ex-BBB Íris Stefanelli provocou alvoroço ao chegar à concentração do sambódromo de São Paulo, na madrugada deste sábado. Destaque de um dos carros da escola de samba Tom Maior, a apresentadora do programa TV Fama, da Rede TV, teve que pedir ajuda a integrantes da agremiação para saber onde iria desfilar.

Íris desfilou em um carro cheio de crianças, que aproveitaram a oportunidade para tirar fotos e conseguir autógrafos da ex-BBB. "É a primeira vez que desfilo e estou achando o máximo", disse momentos antes do início do desfile.

Apesar das dificuldades de encontrar o seu carro alegórico, Íris disse que estava com o samba-enredo da agremiação - que destaca São Paulo como potência econômica - na ponta da língua. A ex-BBB confirmou que está namorando com o goiano Thiago Kückelhaus.

Terra

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










ÁGUIA  DE OURO:

SORVETE

 

 

Quarta escola a desfilar no Anhembi, a Águia de Ouro teve um pneu furado no quarto carro, que precisou ser empurrado por dezenas de integrantes para entrar na avenida. Apesar disso, a escola acelerou o ritmo no final do desfile e conseguiu encerrar a um minuto dos 65 de limite.

 

No topo do carro alegórico, o 'Alimento dos Amantes', um casal divide uma cama em uma cena de romance debaixo de um lençol. Cisnes completam a alegoria.

A escola priorizou as integrantes femininas e abusou das cores para o enredo A Taça da Felicidade, Uma Viagem pelos Sentidos às Delícias do Sorvete. Entre os 282 integrantes da bateria, que vestiam fantasia de esquimós, 50 eram mulheres entre quem marcou o ritmo da escola.

Diante dos setores 1 e 2 da arquibancada, os ritmistas fizeram uma performance na qual a bateria se dividiu ao meio para dar passagem ao mestre-sala e à porta bandeira. Em frente ao 4, nova coreografia: os percussionistas abandonam o recuo e fizeram uma 'paradinha', batucando agachados.

Com um tema semelhante ao da Acadêmicos do Tucuruvi, que contou a história do sorvete, a diretoria da Águia de Ouro procurou se diferenciar mostrando como a audição, olfato, paladar, visão e tato são influenciados pelo doce.

A escola distribuiu distribuindo cinco mil picolés no carro de sorvete. Os 30 homens que empurram o veículo, vestidos de sorveteiros, entregaram os doces. Segundo a agremiação, a intenção inicial era distribuir os produtos para o público nas arquibancadas, mas medidas de segurança da organização do evento impediram a execução da idéia.

A ala das baianas representou as 'Imperatrizes da Neve', com fantasias em branco e prata. A escola desfilou com 3,5 mil componentes, 25 alas e cinco carros alegóricos.

Fundada em 1976, a escola é oriunda de um time de futebol de várzea chamado "Faísca de Ouro", e representa os bairros da Pompéia, Lapa e Água Branca. Teve sua melhor classificação no Grupo Especial em 2007, ficando em quarto lugar.

Ainda desfilam na madrugada deste sábado Tom Maior, Rosas de Ouro e Nenê de Vila Matilde. À noite, completam os desfiles do Grupo Especial as escolas Camisa Verde de Branco, Mancha Verde, X-9 Paulistana, Pérola Negra, Vai-Vai, Mocidade Alegre e Império da Casa Verde desfilam no Anhembi.

 

O  SAMBA

 

A taça da felicidade, uma viagem pelos sentidos às delícias do sorvete

 

Compositores do Samba-Enredo Márcio Pessi, Dadô, Serginho do Porto e Ronaldinho

 

Vem cantar
A Pompéia vai te conquistar
Vamos nessa, o show vai começar
Hoje é dia de alegria
Vem sentir um frescor
Que é de arrepiar
Simples toque de magia

Que vai te refrescar
Que maravilha!!!!
Tem várias cores que enfeitiçam seu olhar
Obras de arte que fascinam o coração
Sedução

Sinta o aroma no ar, é festa
Deixe o meu samba te levar
No carnaval, entre essências brincar
Se entregar

Um mundo de sabores desfrutar
Se deliciar ao bel prazer
Seja feliz também, venha se divertir
Voltar a ser criança e ter a emoção
De um beijo doce, uma paixão
Que alimenta o corpo e a alma
Vamos brindar
E ouvir os sinos da felicidade
O ano inteiro apreciar
Um bom sorvete e se lambuzar

Embala, meu amor, que o teu calor me leva
Embala, minha Águia, meu amor sem fim
Fonte cristalina, doce ilusão
A bateria vai tocar seu coração

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










VILA MARIA :

HOMENAGEM  AO JAPÃO

 

A Unidos de Vila Maria, terceira escola a desfilar no Anhembi, em São Paulo, apostou em carros de 201m de extensão para tentar seu primeiro título do Grupo Especial. Alguns deles foram confeccionados com materiais como brócolis e milhares de copos e pratos plásticos.

 

O enredo homenageou o centenário da imigração japonesa, comemorado em junho deste ano, com uma beldade vinda do outro lado do mundo. Madrinha de bateria, a japonesa Yuka Chan, 36 anos, está no Brasil há 8 anos e mora na Bahia.

Com o enredo Irashai-Mase, Milênios de Cultura e Sabedoria no Centenário da Imigração Japonesa, a escola saúda os orientais (irashai-mase quer dizer boas vindas), fala dos avanços tecnológicos trazidos pelo povo do sol nascente e de saquê.

A Unidos de Vila Maria desfilou com 5 mil componentes, 27 alas e cinco carros alegóricos. A maioria dos seus componentes entrou a partir de 1h20 com o rosto pintado para ficar mais parecido com os japoneses. Os ritmistas formaram a bandeira do Japão com suas fantasias nas cores vermelha e branca.

A rainha de bateria da Unidos de Vila Maria, Valeska Reis, também vestiu um quimono típico japonês na primeira metade do desfile e foi escoltada por samurais. Ela despiu a roupa para virar rainha. Ela negou ter a característica paciente própria da cultura oriental. "Sou agitada", disse. O carro 'Mágicos da Agricultura', da Unidos de Vila Maria, levou à avenida a culinária japonesa.

Em 2007, a Unidos de Vila Maria conseguiu a segunda colocação do Grupo Especial do Carnaval de São Paulo. Fundada em 1950 e oficializada quatro anos depois, foi formada por foliões de blocos do bairro Vila Maria, Brás e Pari.

A escola desfilou oficialmente pela primeira vez em 1960 e durante essa década foi considerada uma das escolas de maior destaque no Carnaval. A escola foi a segunda colocada no Carnaval de 2007.

 

O  SAMBA

Irashai-Mase, milênios de cultura e sabedoria no centenário da imigração japonesa

Compositores do Samba-Enredo Dão, Veia, Martins, Nando e Moleque Pára

 

 

Estrelas vão brilhar
Vila Maria vai passar
Irashai-Mase. A esse povo do Oriente
Da terra do sol nascente

Abrem-se os portais
Das tradições, de uma cultura milenar...
Preservam seu jardim oriental e a arte de cultivar
Na religião, celebração a cerimônia do chá
No Ocidente se tornou realidade
A conquista do tratado da amizade
E com a honra de um samurai guerreiro
Cruzou os mares rumo ao solo brasileiro

Pra massa toda aplaudir
A bateria ta aí... Vem ver
E vamos comemorar
O centenário brindar... Saquê

Em sua criação, a gentileza tem rosto de mulher
Símbolos da sorte que anunciam devoção e muita fé
O shodo não se apagou!
A arte deu movimento à vida
No plantio do algodão, ô terra boa que se planta dá
Na culinária, requinte em nossa mesa
Pratos com toque de beleza
A evolução da tecnologia
Dá asas à imaginação, presente em nosso dia-a-dia
Com a imigração, somos filhos de uma só nação
Arigatô a essa parceria
Brasil, Japão que alegria...

 

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*










UNIDOS DO TUCURUVI

 

Segunda escola a desfilar no carnaval 2008 de São Paulo, a Acadêmicos do Tucuruvi entrou às 0h10 em busca de seu primeiro título pelo Grupo Especial. Com um enredo que celebrou o sorvete, os 3,2 mil integrantes se dividiram em 24 alas para 'refrescar' a avenida contando a história do alimento, cuja invenção pode ter sido do povo babilônio ou dos chineses, segundo a interpretação do carnavalesco Armando Barbosa.

 

Assim como a primeira, Gaviões da Fiel, a escola terminou seu desfile dentro do limite de 65 minutos e chegou a atrasar um pouco a chegada, mesmo dentro do limite mínimo de 55 minutos.

O carro abre-alas recebeu o nome 'A Origem do Sorvete' e simbolizou uma grande geleira. O segundo mostrou o imperador romano Nero se refrescando com a iguaria. Grandes esculturas de leões puxando os carros caracterizaram Dom Pedro 2°, que seria um grande apreciador de sorvete no Brasil Imperial, segundo a interpretação carnavalesca da escola.

As baianas representaram Catarina de Médicis, que teria levado o produto à França durante o período monárquico. Outro homenageado foi o explorador Marco Polo, que trouxe da China receitas de sorvete, macarrão e arroz.

A bateria da Acadêmicos do Tucuruvi usou as cores marrom, branca e vermelha, para simular o sorvete napolitano. Com 46min de desfile, a invenção do picolé e do sorvete de casquinha foi representada pelas fantasias na avenida.

A madrinha da bateria da escola de samba Acadêmicos do Tucuruvi, Núbia Oliver, disse pouco antes de se posicionar para o desfile de sua agremiação que não é preciso muito preparo para desfilar no sambódromo. "Tenho medo de dietas muito rigorosas, de não ficar inteira para o desfile", confessou.

Fundada em 1977, a escola está no Grupo Especial desde 1987. Tradicionalmente a Acadêmicos desfilava no abre-alas com um gafanhoto, uma forma de homenagear o bairro, já que Tucuruvi em tubi quer dizer "gafanhoto verde". Em 2006, a alegoria do inseto foi abolida, pois o enredo falava de agricultura e um gafanhoto poderia ser mal-entendido.

 

O SAMBA

 

Hummm!!! Que bom, é tempo de sorvete. Do Oriente ao Ocidente, a delícia refrescante

 

Compositores do Samba-Enredo Diley Machado, Fábio de Paula, Moraes e Rodrigo Rocha

 

Delícia chinesa
Do Oriente essa iguaria se espalhou
Entre povos e culturas
Neve e mel com frutas tem valor
Conquistando um imperador
Se propagou no Ocidente
A Europa apreciava, encantava a realeza
E toda a corte portuguesa
Com leite aguçou o paladar
Das charmosas damas da nobreza

Atravessou o mar pra se consagrar
"americanizou" evoluiu
Surgiram sabores, receitas incríveis
Que o mundo aplaudiu

Em terras brasileiras
É novidade, é sensação
Lá no Rio de Janeiro, do carioca maneiro
Refresca o dia-a-dia do povão
Aqui, na terra da garoa
Esperei a hora para te saborear
É bom, como é bom, o sorvete em toda parte
A indústria vem fazendo arte
Do alimento, diversão
Em cores e sabores, você é carnaval
A grande paixão nacional!

É verão, amor, vem desfilar
Aliviar o teu calor
Sou Tucuruvi de alma e paixão
Vou refrescar seu coração

 

Postado por Nilceu

Haloscan:

Zip Net: []


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ENVIE SUA MENSAGEM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*